Boletim eletrônico Nº 660 - Ano XIII - 8 a 15 de setembro de 2017.

institutobrasileirodemuseus

www.museus.gov.br

---

Guia da Primavera dos Museus está disponível online

PrimaveraMuseus2017_Cartaz_A3

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) disponibiliza, a partir de hoje (8), a programação completa da 11ª Primavera de Museus - que acontece em todo o Brasil, entre os dias 18 e 24 de setembro, com o tema Museus e suas memórias.

O formato Busca Rápida permite ao usuário encontrar atividades por Estado, Cidade, Museu ou Palavra-chave. Para esta edição estão cadastradas mais de 2,5 mil atividades culturais em 417 cidades de 25 estados e Distrito Federal.

Como resultado da busca, além da programação definida, há ainda o endereço da instituição assim como os contatos de telefone e e-mail. Todas as atividades são de responsabilidade dos participantes. Acesse o Guia da Programação – também disponível em formato de publicação digital.

Com o intuito de reforçar a divulgação da Primavera dos Museus 2017, o Ibram lançou um kit com diversos conteúdos digitais para as instituições participantes – além de um texto de referência sobre o tema deste ano.

Dúvidas e outras questões sobre a 11ª Primavera dos Museus podem ser enviadas para o endereço eletrônico primavera@museus.gov.br.

---

Memórias online, memórias do Museu Histórico Nacional

rio_museu_historico_nacionalA_16

O Museu Histórico Nacional (Ibram/MinC), criado em 1922 no âmbito das comemorações do Centenário da Independência do Brasil, é o mais antigo museu do Ibram. Voltado para a construção de memórias nacionais e suas representações, devota especial atenção à produção e preservação de suas memórias institucionais.

Instituição quase centenária, o museu é consciente de seu papel na sociedade e da importância de sua trajetória. Grande parte dessa trajetória está registrada nos Anais do Museu Histórico Nacional. Desde o primeiro volume, datado de 1940 até os atuais, todos podem ser acessados no portal no Museu. Ali também estão disponíveis os relatórios de atividades e os processos de entrada de acervo correspondentes ao período de 1922 à década de 1970, além da Hemeroteca Gustavo Barroso.

Para a equipe do Museu, a análise dessa documentação disponibilizada ao grande público tem contribuído para a produção do conhecimento sobre a história do MHN e sua atuação tanto na formação de profissionais de museologia, quanto na preservação do patrimônio nacional. Trata-se de duas ações pioneiras do museu: a criação do Curso de Museus, em 1932, e da Inspetoria de Monumentos Nacionais, em 1934.

O curso de museus funcionou sob a responsabilidade e nas dependências do MHN até 1979, quando foi transferido para a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO. Em funcionamento até hoje, é uma referência na formação de museólogos. Já a Inspetoria de Monumentos Nacionais foi um órgão efêmero e extinto em 1937, em função da criação do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – SPHAN. Em seu período de existência, a Inspetoria restringiu suas atividades à conservação e restauração de igrejas, pontes e chafarizes na cidade mineira de Ouro Preto, decretada Monumento Nacional em 1933.

Além disso, o MHN promove ações comemorativas que contribuem para a divulgação da memória institucional. No âmbito das atividades da Primavera dos Museus “Museus e suas memórias” e também na preparação da agenda para seu centenário em 2022, o Museu Histórico Nacional mais uma vez sublinha os trabalhos de produção e divulgação das suas memórias institucionais com projetos de eventos, livros, exposição e catálogo.

 

---

Museu Imperial recebe cartas de D. Pedro II

Entrega cartas de D Pedro

O Museu Imperial/Ibram, em Petrópolis (RJ), recebeu, esta semana, as cinco cartas originas escritas por D. Pedro II que foram doadas pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, ao presidente Michel Temer este ano. A solenidade contou com a presença do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, do presidente do Instituto Brasileiro de Museus, Marcelo Mattos Araújo, da deputada federal Cristiane Brasil e do chefe de gabinete da Secretaria Geral da República, Antônio Lessa.

Para o Diretor do Museu, Mauricio Vicente Ferreira Júnior, foi uma honra receber as correspondências, que têm um conteúdo singular. Quatro delas, de gabinete, foram remetidas ao conde de Trapani e aos cardeais Patrizi  Befondi e Bilio, a última carta, particular e em francês, dirigida à Sully Prudhome, um poeta francês, membro da Academia Francesa da qual D. Pedro II fazia parte.

As correspondências farão parte de uma exposição, ainda sem data marcada, e integrarão o acervo do museu, que já conta com 250.000 documentos. Posteriormente, as cartas ficarão disponibilizadas para consulta.

---

Revista MUSAS abre chamada para publicação de artigos

musas

Foi aberta na última segunda-feira (4) Chamada Pública para publicação de artigos na oitava edição da MUSAS – Revista Brasileira de Museus e Museologia, que será publicada em 2018.

Editado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), o periódico de caráter interdisciplinar reúne reflexões e experiências relacionadas à área de museus e Museologia. A seção Artigos é aberta à publicação de trabalhos que versem sobre Museologia, Antropologia, Arqueologia, Arquitetura, Arte, Ciência, Educação, Expografia, História, Restauração, Sociologia e demais assuntos que envolvem o setor.

Neste número, MUSAS vai celebrar os 200 anos do museu mais antigo do Brasil em atividade – o Museu Nacional, no Rio de Janeiro (RJ). Aproveitando a ocasião, a revista propõe uma reflexão sobre dois séculos de experiência museal em território brasileiro, lançando um amplo olhar avaliativo sobre as principais questões, experimentações e conquistas acumuladas nesta trajetória.

São exemplos de temas relacionados: a evolução histórica do campo museal brasileiro desde a fundação de suas primeiras e emblemáticas instituições; os movimentos de criação, ao longo da história, de museus com temáticas e tipologias diversas, assim como de cursos na área da Museologia; a relevância da Museologia Social no Brasil; e as diversas metamorfoses experimentadas pelos museus e processos museais brasileiros em diálogo com a contemporaneidade.

Os artigos propostos, além de sintonizados com o escopo mencionado, devem ser inéditos, escritos em português e atender à formatação definida pela Chamada Pública. Ao submeter o artigo, o autor cede direitos autorais à revista. Os textos devem ser enviados para o e-mail editorialmusas@museus.gov.br até às 23h59 do próximo dia 03/11.

---

Casa dos Ottoni recebe mostra Minas em Postais

DSC04840

A exposição Minas em Postais está em exibição no Museu Regional Casa dos Ottoni (Ibram/MinC), no Serro (MG) até o dia 21 de setembro. A mostra é uma parceria da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais com a Prefeitura de Serro-MG.

Gratuita e livre para todos os públicos, a exposição apresenta diversos postais das Cidades Históricas de Minas com imagens de bens culturais de natureza material e imaterial, compostos por artes, edificações, paisagens, conjuntos históricos, sítios arqueológicos, saberes, ofícios e modos de fazer, celebrações, lugares e formas de expressão.

O objetivo da mostra, que é itinerante, é fazer com que o público compreenda, valorize e reconheça os bens culturais mineiros como parte integrante de seu patrimônio cultural.

Agendas

No subúrbio da modernidade - Di Cavalcanti 120 anos

O quê: Aberta em setembro de 2017, quando se comemoram os 120 anos do nascimento do artista, a mostra traz mais de 200 obras (entre pinturas, desenhos e ilustrações) realizadas ao longo de quase seis décadas de carreira e que hoje pertencem a algumas das mais importantes coleções públicas e particulares do Brasil e de outros países da América Latina, como Uruguai e Argentina.
Quando: De 02/09/2017 a 22/01/2018. Quarta a segunda, das 10h às 17h30. Ingressos: R$ 6 (inteira). Crianças com menos de 10 anos e adultos com mais de 60 não pagam. Aos sábados, a entrada é gratuita para todos os visitantes.
Onde: Pinacoteca de São Paulo (Praça da Luz, 02 | São Paulo - SP)
Informações: pinacoteca.org.br | (11) 3324 1000

---

Histórias fora da ordem

O quê: Com curadoria de Beatriz Pimenta e Luciano Vinhosa, a mostra traz criações artísticas contemporâneas em diálogo com o acervo do Museu Histórico Nacional (Ibram/MinC).
Quando: Até 26 de novembro
Onde: Museu Histórico Nacional (Praça Marechal Âncora s/n°, Centro - Rio de Janeiro/RJ)
Informações: (21) 3299-0324 ou http://mhn.museus.gov.br/

Cursos e oficinas

Objetos religiosos em acervos do Museu do Ipiranga e coleções particulares: trajetórias para a pesquisa da arte cristã de tradição barroca

O quê: Palestra com Silveli Maria de Toledo Russo, doutora em História e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, professora de História da Arte e Arquitetura e investigadora integrada do Instituto de História da Arte da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.
Quando: Dia 22/9, das 14h às 16h.
Onde: Museu Paulista (Av. Nazaré, 268 | São Paulo - SP)
Informações: (11) 2065 8075 | acadmp@usp.br