Boletim eletrônico Nº 668 - Ano XII - 03 a 10 de novembro de 2017.

institutobrasileirodemuseus

www.museus.gov.br

---

Revista MUSAS estende prazo para envio de artigos

musas

Interessados em publicar seus artigos na oitava edição da MUSAS – Revista Brasileira de Museus e Museologia têm mais alguns dias para encaminhar seus trabalhos. O prazo para envio de artigos foi prorrogado até o dia 1º de dezembro.

Editado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), o periódico de caráter interdisciplinar reúne reflexões e experiências sobre a área de museus e Museologia. A seção Artigos é aberta à publicação de trabalhos que versem sobre Museologia, Antropologia, Arqueologia, Arquitetura, Arte, Ciência, Educação, Expografia, História, Restauração, Sociologia e demais assuntos que envolvem os museus.

Neste número, MUSAS vai celebrar os 200 anos do museu mais antigo do Brasil em atividade – o Museu Nacional, no Rio de Janeiro (RJ). Aproveitando a ocasião, a revista propõe uma reflexão sobre dois séculos de experiência museal em território brasileiro, lançando um amplo olhar avaliativo sobre as principais questões, experimentações e conquistas acumuladas nesta trajetória.

São exemplos de temas relacionados: a evolução histórica do campo museal brasileiro desde a fundação de suas primeiras e emblemáticas instituições; os movimentos de criação, ao longo da história, de museus com temáticas e tipologias diversas, assim como de cursos na área da Museologia; a relevância da Museologia Social no Brasil; e as diversas metamorfoses experimentadas pelos museus e processos museais brasileiros em diálogo com a contemporaneidade.

Os artigos enviados, além de sintonizados com o escopo mencionado, devem ser inéditos, escritos em português e atender à formatação definida pela Chamada Pública. Os textos devem ser enviados para o e-mail editorialmusas@museus.gov.br até as 23h59 do dia 1º de dezembro.

 

---

MNBA recebe doação de obras da fotógrafa Claudia Andujar

Claudia Anduj (3)

A fotógrafa Cláudia Andujar doou esta semana 14 de suas obras para o acervo do Museu Nacional de Belas Artes (MNBA/Ibram), no Rio de Janeiro. De origem suíça e vivendo em São Paulo desde a década de 50, Cláudia teve sua carreira marcada pelo registro de povos indígenas.

As fotos doadas foram realizadas na década de 1970, quando a artista foi contemplada por duas vezes com uma bolsa da Fundação Guggenheim para a categoria fotografia. Foi nesta época que a autora realizou os ensaios retratando o cotidiano dos Yanomanis, que habitam o Amazonas e Roraima, sob uma perspectiva intimista.

As obras doadas irão enriquecer o acervo do MNBA, que não possuía obras de autoria da fotógrafa.

 

---

55º Festival Villa-Lobos acontece de 2 a 5 de novembro

A 55ª edição do Festival Villa-Lobos acontece de quinta-feira (2) a domingo (5) na cidade do Rio de Janeiro. Este ano, o Festival reverencia, além de seu patrono, três grandes nomes da música brasileira em cerca de 30 concertos, shows, workshops e sessões de cinema em sete espaços da cidade.

A abertura do evento, realizado pelo Museu Villa-Lobos (Ibram/MinC) e pela Sarau, será uma homenagem aos 80 anos de Baden Powell, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Também são destaque na programação a celebração dos 130 anos de nascimento de Villa-Lobos, os 90 de Tom Jobim e o 80º aniversário do bandolinista Joel Nascimento.

“Mais uma vez faremos jus à memória de Villa-Lobos e aos artistas que forjaram nossa identidade cultural, ao abrir espaço para a diversidade da música brasileira em uma programação abrangente”, afirma o diretor artístico do Festival, Marcelo Rodolfo.

A programação completa está disponível no site do evento e os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente pela internet ou nas bilheterias. Algumas atividades são gratuitas.

---

“Nativo Latino” é a nova exposição de curta duração do MRSJDR

Convite Julio

O Museu Regional de São João del-Rei (Ibram/MinC) inaugura a exposição Nativo Latino do artista Julio César Aristizabal no dia 09 de Novembro às 19hs.

A mostra apresenta uma busca por nossas origens latino-americanas, e uma tentativa de compreender nosso tempo por meio de reflexões acerca das referências ancestrais afro-indígenas, materializadas em linguagens artísticas que retratam um trajeto de vivências entre a academia e a rua, o popular e o erudito. A exposição fica em cartaz até o dia 28 de janeiro de 2018 e a entrada é gratuita.

A exposição propõe reflexões sobre nossas necessidades e a criação de soluções para elas, buscando melhorar nosso convívio e conhecimento. Isso acontece por meio de um diálogo entre o ancestral e o contemporâneo, agindo como espaços de conexões onde transitam as ideias que se destinam a questionar a produção artística proposta pelo artista.

 

---

Museu Victor Meirelles homenageia Carlos Drummond de Andrade

Rosa do povo_Carlos Drumond_Museu Victor Meirelles

Em comemoração aos 115 anos de nascimento do poeta Carlos Drummond de Andrade o Museu Victor Meirelles (MVM/Ibram), em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina, abriu na terça-feira (31) a exposição Poesia, Memória e Arquivo: Carlos Drummond de Andrade. A exposição é parte integrante das atividades do congresso realizado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), no Centro de Comunicação e Expressão daquela universidade.

Com curadoria de Maria Lucia de Barros Camargo e Laíse Ribas Bastos, a exposição Poesia, Memória e Arquivo: Carlos Drummond de Andrade apresenta ao público catarinense uma reunião de obras raras, como primeiras edições e edições especiais para bibliófilos, além de cartas originais inéditas, manuscritas e datilografadas, fotografias, discografia e a oportunidade de ouvir a voz do poeta lendo seus versos, oferecendo à comunidade catarinense a possibilidade de um contato mais próximo com a poesia e a memória do poeta.

Compõem esta exposição as primeiras edições dos livros de Drummond apresentadas em contraste e comparação com suas versões mais recentes, passando por antologias, coleções especiais, bem como suas traduções de poesia e prosa para o português. Há ainda a bela edição especial dos 21 poemas escritos por Drummond como glosa ao conjunto de 21 desenhos de Portinari sobre Dom Quixote, de Cervantes, e uma carta do poeta ao seu irmão, Altivo, datada de 1933, um raro documento histórico.

Além disso, está presente também na exposição um conjunto de 21 cartas enviadas ao também poeta e editor Domingos Carvalho da Silva. Cartas que tem por foco o próprio fazer da poesia, sua matéria e procedimento, deixando entrever, delicadamente a cada linha, o gesto literário de Drummond: uma leitura atenta da poesia de Domingos, por ocasião da publicação de seu livro Rosa Extinta, por exemplo, e a gentileza do Drummond tradutor em aconselhar Domingos na tarefa da tradução de 20 Poemas de Amor e Uma Canção Desesperada, de Pablo Neruda.

Poesia, Memória e Arquivo: Carlos Drummond de Andrade fica no Museu Victor Meirelles, em Florianópolis, até 18 de novembro de 2017, com visitações de terça a sexta-feira, das 10 às 18 horas, e aos sábados, das 10 às 14 horas. A entrada é gratuita.

 

 

Agendas

Biblioteca Rocambole

O quê: A Biblioteca Rocambole (Museu Imperial/Ibram) está com o calendário intenso de novidades para o mês de novembro, que comemora o Dia Nacional da Cultura, Dia Nacional da Língua Portuguesa, Dia do Inventor e Dia da Consciência Negra. Leitura, contação de história, jogos, oficinas criativas, entre outras atividades, são gratuitas e destinadas a grupos escolares previamente agendados junto ao setor de Educação do Museu Imperial.
Quando: As atividades começam nos dias 07 e 08, das 14h às 15h, em homenagem a Santos Dumond, com a contação de história do livro “Santos-Dumont”, de Nereide S. Santa Rosa, seguida de exploração de livros, jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole. A programação completa poderá ser consultada em http://bibliotecarocambole.blogspot.com
Onde: Museu Imperial (Rua da Imperatriz, nº 220 – Centro, Petrópolis/RJ)
Informações:  Todos os eventos da programação devem ser agendados previamente pelo telefone: (24) 2233-0345 (Setor de Educação), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18h.

---

Família no Museu: o outro lado de Claudio Santoro

O quê: No mês de aniversário do grande músico, compositor, regente e professor, e que gostava de pintar obras abstratas, o Museu Felícia Leirner convida os visitantes a produzirem seus próprios quadros inspirados em obras artísticas de Claudio Santoro.
Quando: dias 4 e 11 de novembro, às 11h e às 15h. Entrada: inteira R$ 10,00 e meia R$ 5,00
Onde: Museu Felícia Leirner (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880 – Campos do Jordão, SP)
Informações: (12) 3662-6000 / contato@museufelicialeirner.org.br

---

Nativo Latino: Exposição, Ocupação e Laboratório de Pesquisa

O quê: O Museu Regional de São João del-Rei (Ibram) apresenta a exposição, de autoria de Julio César Aristizabal. Resultado de uma pesquisa desenvolvida há 15 anos, a exposição apresenta uma busca por nossas origens latino-americanas, e uma tentativa de compreender nosso tempo por meio de reflexões acerca das referências ancestrais afro-indígenas, materializadas em linguagens artísticas que retratam um trajeto de vivências entre a academia e a rua, o popular e o erudito.
Quando: Abertura dia 9 de novembro, às 19h. Visitação a partir de 10 de novembro de 2017 a 28 de janeiro de 2018, segunda a sexta das 9h às 17h30. Sábado, domingo e feriado de 9h às 16h.Entrada franca.
Onde: Museu Regional de São João del-Rei (Rua Marechal Deodoro, 12 – Centro. São João del-Rei/MG)
Informações: (32) 3371-7663

---

Semana Andersen 2017

O quê: A Semana Andersen, que acontece de 6 a 10 de novembro, celebra o 157º do artista norueguês Alfredo Andersen, grande incentivador da arte no Paraná e que formou uma geração de pintores. Na programação, a abertura da mostra “Semana Andersen” que retrata a memória da casa do artista ao recriar ambientes da cena familiar e seu ateliê com obras e retratos. Outras atividades: bate-papo, produção artística com alunos e comunidade, oficinas de pintura e lançamento de publicação educativa sobre o artista.
Quando: Abertura da exposição dia 6 de novembro, 18h. Visitação a partir de 7 de novembro de 2017 a 18 de fevereiro de 2018, terça a sexta das 9h às 18h. Sábado, domingo e feriado de 10h às 16h. Atividades da Semana, partir do dia 7 de novembro. Consulte a programação completa no site www.maa.br. Entrada franca.
Onde: Museu Alfredo Andersen (Rua Mateus Leme, 336. Curitiba/PR)
Informações: (41) 3222-8262

 

Cursos e Oficinas

Semana da Cultura 2017 – Fundação Casa de Rui Barbosa

O quê: A Fundação Casa de Rui Barbosa promoverá, na semana de 6 a 9 de novembro, várias atividades em comemoração ao Dia da Cultura, com destaque para a cerimônia de entrega de medalha comemorativa dos 80 anos do Museu Casa de Rui Barbosa, da reabertura do Museu e do seminário 20 anos sem Darcy.
Quando: Dia 6, às 15h, entrega de medalhas a homenageados; dia 7, das 14h30 às 17h30, abertura do Museu com palestra da arquiteta Claudia Carvalho (FCRB) e exibição do filme Callado, às 18h, seguido de debate; dia 8, das 10 às 17h30, seminário 20 anos sem Darcy (www.casaruibarbosa.gov.br); dia 9, das 14h às 16h30, palestra sobre o legado de Oswaldo Cruz, com Nísia Trindade Lima (Presidente da Fiocruz).
Onde: Fundação Casa de Rui Barbosa (Rua São Clemente, 134 – Botafogo/RJ)
Informações: http://www.casaruibarbosa.gov.br

---

Mesa-redonda Permanência e Continuidade: trajetória de instituições de Ciência, Tecnologia e Cultura

O quê: O evento faz parte das atividades da VII Semana Fluminense do Patrimônio e tem o objetivo de discutir cenários e perspectivas futuras das áreas da ciência, tecnologia e cultura a partir da trajetória do Museu Nacional, que completa 200 anos em 2018, e de outras instituições que se mantêm atuantes no cenário científico-cultural há mais de 100 anos. Além do Museu Nacional, o encontro reúne a Fundação Oswaldo Cruz, Jardim Botânico, Biblioteca Nacional e Arquivo Nacional.
Quando: 06 de novembro, às 14h.
Onde: Casa da Ciência - Centro Cultural de Ciência e Tecnologia da UFRJ (Rua Lauro Miller, 3 – Botafogo/RJ)
Informações: (21) 3938-5444