Boletim eletrônico Nº 694 - Ano XV - 8 a 15 de junho de 2018.

---

Museu Nacional completa 200 anos de criação

Museu Nacional UFRJ

O Museu Nacional, no Rio de Janeiro (RJ), completou na última quarta-feira (6) seus 200 anos de criação. A data inaugural do mais antigo museu brasileiro em atividade, hoje vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), marca oficialmente dois séculos de presença contínua dos museus na vida social brasileira.

Criado em 6 de junho de 1818 por Dom João VI, responsável pela transferência da corte portuguesa para o Brasil, o então Museu Real – hoje situado no antigo Palácio Imperial de São Cristóvão, na Quinta da Boa Vista – foi pensado para propagar o conhecimento e o estudo das ciências naturais em terras brasileiras.

Com acervo de mais de 20 milhões de itens, constituído principalmente por itens relacionados às áreas de Antropologia, Botânica, Entomologia, Geologia e Paleontologia, o Museu Nacional é a mais antiga instituição científica do Brasil, hoje reconhecida como centro de excelência de pesquisa em história natural e antropológica na América Latina.

A partir da criação do Museu Nacional, os museus se multiplicaram nas décadas seguintes por todo o território brasileiro, assumiram diferentes modelos, ampliaram suas áreas de atuação e marcaram a cultura brasileira de maneira decisiva. Hoje, são mais de 3,8 mil instituições cada dia mais abertas, voltadas à construção e ampliação de diálogos, sintonizadas com suas comunidades e visando um desenvolvimento sustentável em todas as frentes.

Celebração – Para celebrar a data, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) lançou em maio marca comemorativa aos 200 anos de museus no Brasil. Ela será utilizada em todos os produtos lançados pelo Ibram ao longo de 2018 e também estará presente em todas as ações desenvolvidas pelo órgão e seus museus vinculados.

Também como parte das comemorações, o Ibram realizará em parceria com o Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro, de 30 de julho a 3 de agosto, o seminário "200 Anos de Museu no Brasil: Desafios e Perspectivas". A ideia é debater o percurso histórico de constituição e consolidação dos museus no Brasil em toda sua diversidade e abrangência, analisando as contribuições trazidas para a cultura brasileira e os desafios e perspectivas neste campo.

Será lançada ainda edição especial da MUSAS – Revista Brasileira de Museus e Museologia, que vai trazer uma reflexão sobre dois séculos de experiência museal em território brasileiro lançando um amplo olhar avaliativo sobre as principais questões, experimentações e conquistas acumuladas nesta trajetória.

Ampla ação de promoção de museus realizada pelo Ibram em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro e a Secretaria Estadual de Cultura – que garante acesso gratuito, em dias específicos, às instituições participantes – o Passaporte de Museus também celebra em 2018 os 200 anos do Museu Nacional.

---

Doação de obras: museus podem manifestar interesse até esta sexta

Lista-de-Bens-Culturais-para-Doacao-5541

Encerra nesta sexta-feira (8) o prazo para que museus de todo o Brasil manifestem seu interesse por uma ou mais das 775 obras de arte oferecidas pelo Itaú Cultural com intermediação do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

O lote oferecido inclui gravuras, serigrafias, litografias e óleos sobre tela assinados por artistas brasileiros renomados como Emanoel Araújo, Maria Bonomi, Roberto Burle Marx, Amilcar de Castro, Renina Katz, Tomie Ohtake e Alfredo Volpi, entre outros, além de reproduções de artistas internacionais como Van Gogh, Picasso, Miró, Kandinsky e Klee.

Qualquer museu brasileiro, público ou privado, poderá manifestar interesse pelas peças, não havendo limite quanto ao número de itens pleiteados. As manifestações devem ser feitas através de formulário disponibilizado pelo Ibram e enviadas ao endereço eletrônico camus@museus.gov.br. Veja mais detalhes na página do Ibram.

---

Museus Ibram no Rio iniciam distribuição do Passaporte de Museus

PassaporteMuseus2018

O Museu Nacional de Belas Artes (MNBA) e o Museu da República, ambos vinculados ao Ibram, deram início nesta semana à distribuição do Passaporte de Museus. A ação vai oferecer, até o fim deste ano, acesso gratuito a mais de 70 museus e centros culturais localizados na cidade do Rio de Janeiro (RJ) e região metropolitana.

Serão distribuídos na bilheteria do MNBA (Av. Rio Branco, 199 – Centro) 200 passaportes todos os dias, exceto às segundas-feiras, das 10h às 18h – sendo garantido um exemplar por pessoa. No MNBA, o passaporte é válido para visitação gratuita aos domingos.

No Museu da República (Rua do Catete, 153 – Catete), a distribuição acontecerá na bilheteria do Palácio do Catete de quarta-feira a sábado, das 10h às 18h. Serão distribuídos cerca de 150 passaportes por dia, sendo um por pessoa. O museu oferecerá gratuidade às quartas-feiras e domingos.

Com tiragem total de 300 mil exemplares, o Passaporte de Museus integra as comemorações pelos 200 anos do Museu Nacional. Além do Museu Nacional de Belas Artes e do Museu da República, o passaporte está sendo distribuído no Museu Nacional (quintas-feiras e sábados, das 10h às 16h) e no Museu de Arte do Rio (terças e sábados, das 9hs às 17hs).

---

Museu Regional de São João del-Rei inaugura exposição no Dia Mundial Meio Ambiente

Acessos a Natureza_Museu Regional de Sao Joao del Rey

O Museu Regional de São João del-Rei (MRSJR/Ibram) inaugurou na última terça-feira (5) a exposição coletiva Acessos à Natureza, que reúne trabalhos em desenho, gravura, técnicas aguadas e fotografias. Com obras dos artistas Andressa Boel, Beatriz Rauscher, Gastão Frota, Mariza Barbosa, Nikoleta Kerinska e Priscila Rampin, a exposição é uma das atividades realizadas pelo museu em comemoração ao Dia Mundial Meio Ambiente.

Os seis artistas realizaram pequenas excursões a três reservas ecológicas do Cerrado Mineiro, com a intenção de trazer a experiência vivida nesses locais para perto da população. O Cerrado é o segundo maior bioma brasileiro, onde estão as principais bacias hidrográficas do país, as quais estão constantemente ameaçadas devido ao baixo volume de chuvas no período de seca.

A exposição Acessos à Natureza pretende mostrar ao grande público a flora presente nas reservas ecológicas brasileiras do Cerrado Mineiro, que têm acesso restrito à visitação. Ela fica em cartaz até 15 de julho, de segunda à sexta-feira, das 9h às 17:30h; e aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 16h.

---

Circuito Museus de Botafogo + Concerto terá nova edição na próxima terça

33472229_613915515625737_2019517004381159424_o

Em parceria com a Casa de Rui Barbosa, o Museu Villa-Lobos, vinculado ao Ibram, promove na próxima terça-feira (12) mais uma edição do Circuito Museus de Botafogo + Concerto.

A ação leva visitantes a um passeio guiado pelas duas instituições, ambas situados em casarões do século XIX no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ), sempre incluindo um concerto musical didático.

Desta vez, a visita começará pelo Museu Villa-Lobos, com concerto do pianista Rodrigo Zimmetbaum e visita à exposição Uirapuru - O Pássaro Encantado da Amazônia, onde os visitantes terão a oportunidade de conhecer de perto a mais recente aquisição da instituição (foto): um instrumento musical raro – o violinofone – utilizado por Heitor Villa-Lobos em suas obras sinfônicas Uirapuru e Amazonas.

Os poemas sinfônicos/bailados Uirapuru e Amazonas estão entre as obras mais representativas do paisagismo e indianismo modernistas de Villa-Lobos, cuja linguagem musical, nas palavras da curadora da exposição, a musicóloga Maria Alice Volpe, "Expressa a floresta amazônica, monumental e maravilhosa, como uma metáfora do Brasil". Na exposição, o museu apresenta pela primeira vez um manuscrito autógrafo (escrito pelas mãos do próprio autor) do Uirapuru sincronizado à gravação da obra.

O Circuito Museus de Botafogo + Concerto, que terá como ponto de encontro e partida a Livraria Travessa de Botafogo (Rua Voluntários da Pátria, 97) e ingresso no valor simbólico de R$ 1, encerrará com um tour pelas instalações da Casa de Rui Barbosa. Interessados em participar podem garantir suas reservas pelo telefone (21) 97133-1822.

---

Copa do Mundo é tema de atividade educativa no MHN neste domingo (10)

Dia_de_Copa_MHN_Album_Divulgacao

O projeto Bonde da História, desenvolvido pela Divisão Educativa do Museu Histórico Nacional (MHN), no Rio de Janeiro (RJ), propõe um ação inédita neste domingo (10) para marcar o início da Copa do Mundo 2018.

O “Dia de Copa no MHN” se propõe a aproximar o tema da Copa do Mundo às peças do acervo que integram a exposição permanente do museu, abrindo ainda espaço para o contato do público com o lado lúdico do futebol.

Das 13h às 17h, o museu se abre para a popular troca de figurinhas do álbum oficial da Copa 2018, que tem feito sucesso entre crianças e adultos.

Em paralelo, o Bondinho da História propõe um desafio para a garotada: encontrar as figurinhas do álbum exclusivo (foto), desenvolvido pelo Educativo do museu, que traz 15 personagens da história brasileira – como Tiradentes, Dona Carlota Joaquina, Anita Garibaldi e a múmia Luzia.

As figurinhas deverão ser "caçadas" ao longo do circuito expositivo do museu. Serão distribuídos, por ordem de chegada, 30 álbuns. Cada participante (até 15 anos) e acompanhante terão direito a um álbum.

Às 14h acontece o Bonde da História com o tema “Camisas, futebol e histórias!”. A proposta é levar o público a perceber os momentos em que a história do Brasil mistura-se às de outros países que também estão na maior competição de futebol do planeta, abordando um pouco dessa relação e as origens das camisas que cada seleção usa. A atividade é voltada para maiores de 16 anos.

Futebol à moda antiga - Os jogos não tecnológicos também têm destaque: futebol de botão, totó, futebol de moeda e futebol Gulliver estão programados. E tem competição também com direito a prêmios: um campeonato de embaixadinhas e um “chute ao golzinho” vendado também promete envolver o público.

As atividades são gratuitas e não há necessidade de inscrição prévia. O MHN possui estacionamento – respeitando o número de vagas existentes. O Museu Histórico Nacional fica na Praça Marechal Âncora, s/nº – Centro do Rio. Saiba mais.

Dúvidas e outras informações sobre o projeto Bonde da História podem ser obtidas pelo endereço eletrônico mhn.educacao@museus.gov.br.

---

UFBA lança edital para pós-doutorado em Museologia

O Programa de Pós-Graduação em Museologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA) abriu edital de Chamada Pública para Seleção de Pesquisador/Docente com bolsa do Programa Nacional de Pós-Doutorado (PNPD).

A seleção é aberta a pesquisadores e docentes brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil.  A bolsa prevê pagamento de mensalidade para manutenção do bolsista, cujo valor será R$ 4,1 mil.

Os benefícios também incluem aporte anual de recursos de custeio destinado a subsidiar atividades de pesquisa do bolsista, tais como a sua participação em eventos como congressos, encontros e simpósios.

Confira o edital na íntegra.

 

Agendas

J. Borges - 80 Anos

O quê: A exposição apresenta a trajetória de vida do xilogravurista e cordelista pernambucano J. Borges, cujas obras retratam o cotidiano do agreste e elementos culturais nordestinos. Apresenta também obras assinadas por J. Miguel e Manassés Borges, filhos e aprendizes do artista, além de exibir uma cinebiografia sobre sua vida e obra dirigida pelo jornalista Eduardo Homem.
Quando: De 7/6 a 22/7. Terça a domingo, das 9h às 21h. Entrada franca.
Onde: CAIXA Cultural Brasília (SBS Quadra 4 Lotes 3/4 | Brasília - DF)
Informações: (61) 3206-9448 | www.caixacultural.gov.br

---

Maria Auxiliadora: vida cotidiana, pintura e resistência

O quê: A exposição apresenta 82 obras da artista Maria Auxiliadora (Campo Belo, Minas Gerias, 1935 – São Paulo, 1974), que cresceu em uma família de artistas brasileiros autodidatas integrantes do movimento negro. A ideia é renovar o interesse na original produção da artista, ampliando as leituras sobre sua vida e obra para além dos rótulos que associaram à arte chamada “popular”, “primitiva”, “naif” ou “afro-brasileira”.
Quando: Até 10/6.
Onde: Museu de Arte de São Paulo (Av. Paulista, 1578 | São Paulo – SP)
Informações: masp.org.br

---

FotoPromessa – Viagem a Canindé

O quê: A exposição apresenta o trabalho de pesquisa dos fotógrafos italianos Giorgio Negro e Dario De Dominicis sobre a força visual e social da celebração anual dedicada à figura de São Francisco de Assis na pequena cidade de Canindé (CE), considerada a segunda maior romaria do mundo. Curadoria: Enrique Hernandes.
Quando: De 9/6 a 29/7. Terça a domingo, das 12h às 19h.
Onde: Centro Cultural Justiça Federal (Av. Rio Branco, 241 – Centro | Rio de Janeiro – RJ)
Informações: (21) 3261 2565 | www10.trf2.jus.br/ccjf

---

Experimentando Le Corbusier – Interpretações contemporâneas do modernismo

O quê: Com curadoria de Pierre Colnet e Hadrien Lelong, a exposição apresenta uma reflexão sobre o modernismo no Brasil e sobre o trabalho do arquiteto franco-suíço artistas, designers e arquitetos brasileiros convidados, que mantêm vivo seu pensamento moderno e revolucionário.
Quando: De 16/6 a 12/8. De terça a domingo, das 10h às 18h. Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia-entrada). Gratuito aos finais de semana e feriados.
Onde: Museu da Casa Brasileira (Av. Faria Lima, 2705 | São Paulo - SP)
Informações: (11) 3032 3727 | mcb.org.br

 

Cursos e oficinas

Fórum Acervos Arqueológicos: por uma política de preservação do patrimônio arqueológico brasileiro

O quê: Organizado pela Sociedade de Arqueologia Braileira (SAB) e pela Rede de Museus e Acervos de Arqueologia e Etnologia (REMAAE), o evento é destinado à apresentação de experiências e reflexões nas áreas de Arqueologia, Conservação e Museologia. A programação inclui mesas redondas, palestras e comunicações coordenadas.
Quando: De 28 a 30/8. Inscrições até 15/6.
Onde: Museu Histórico Nacional (Praça Mal. Âncora, s/n - Centro | Rio de Janeiro - RJ)
Informações: acervosarqueologicos.wordpress.com/programacao

---

Seminário sobre as armações baleeiras em Santa Catarina

O quê: Promovido pelo Movimento em Defesa das Armações Baleeiras, o evento busca estabelecer as bases de iniciais de debates e proposições acerca de políticas culturais voltadas para os sítios das armações baleeiras no litoral catarinense.
Quando: Dias 14 e 15/6. Inscrições via internet (veja site abaixo)
Onde: Centro Integrado de Cultura (Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica | Florianópolis - SC)
Informações: bit.ly/seminarioarmacoes

---

Estudos Interdisciplinares em Patrimônio Jesuítico-Guarani

O quê: O evento tem como objetivo discutir estudos desenvolvidos sobre o tema do patrimônio Jesuítico-Guarani com a aplicação das ciências em questões artísticas, históricas, sociais, museológicas, patrimoniais e de conservação-restauração. Voltado a estudantes, pesquisadores e profissionais de Museologia, Arqueologia, História, Antropologia, conservação-restauração, ciência da conservação, ciência do patrimônio e áreas correlatas.
Quando: Dias 9 e 10/8. Inscrição de trabalhos até 10/7.
Onde: Museu do Doce - UFPel (Pelotas - RS)
Informações: patrijesuiticoguarani.weebly.com