Boletim eletrônico Nº 710 - Ano XV - 5 a 11 de outubro de 2018

---

Ibram divulga a lista de inscrições admitidas no Edital Modernização

edital-de-modernizacao-2018

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) tornou pública através do Diário Oficial da União da última terça-feira (2) a relação das inscrições consideradas aptas para a seleção do Edital de Modernização de Museus – Prêmios. Ao todo, foram recebidas 197 inscrições, sendo 139 admitidas conforme os termos do item 5 do Edital.

O Edital de Modernização de Museus – Prêmios vai contemplar 28 projetos com R$ 100 mil cada, totalizando R$ 2,8 milhões voltados a iniciativas bem-sucedidas de modernização e preservação do patrimônio museológico implementadas por instituições museológicas ou por mantenedores de museus no período de 2015 a 2018.

Na mesma data, também foi publicada outra lista com os motivos da inadmissibilidade de cada uma das 58 entidades que foram consideradas inaptas para a seleção. O prazo para a interposição de recursos de inadmissibilidade da inscrição é de 05 (cinco) dias, a partir da publicação no Diário Oficial da União.

Os recursos devem ser encaminhados pelo Formulário de Recurso (Anexo VI) a ser encaminhado, exclusivamente, via e-mail, no endereço eletrônico: recurso.inscricao@museus.gov.br, devidamente identificado no assunto: Recurso de Inscrição Modernização de Museus – Prêmios.

---

BNDES abre chamada pública de R$ 25 milhões para segurança de museus

bndes

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou esta semana Chamada Pública para Seleção de Projetos de Patrimônio Cultural – Segurança em Instituições Culturais Públicas de Guarda de Acervos Memoriais.

O objetivo é selecionar propostas de projetos de segurança (Detecção, Prevenção e Combate a Incêndio e Pânico, Instalações Elétricas e Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas) em edificações históricas que guardem Acervos Memoriais Brasileiros (museus, arquivos, bibliotecas).

O valor total da Chamada Pública é de até R$ 25 milhões, no âmbito da Lei Rouanet, e tem validade de 24 meses, prorrogável por igual período a contar da data da publicação. Os requisitos do certame foram desenhados com base na Portaria Iphan nº 366, de 4 de setembro de 2018, que dispõe sobre as diretrizes a serem observadas para projetos de prevenção e combate ao incêndio e pânico em bens edificados tombados.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas, por meio de formulário eletrônico, desta sexta-feira (5) até o dia 14 de novembro. A elaboração da proposta deverá seguir as orientações disponíveis no site www.bndes.gov.br/seguranca-de-acervos. Saiba mais.

---

Museu da Chácara do Céu ganhará novo acesso e prédio anexo

maquete

O Museu da Chácara do Céu, que integra a rede Ibram no Rio de Janeiro (RJ), ganhará em breve novo prédio de apoio técnico e novo acesso ao público. As novidades integram projeto encomendado pelo museu e financiado pelo Ibram e patrocinadores, que já está em andamento e nesta semana entrou em sua quarta etapa.

O projeto prevê a construção de um anexo que vai abrigar todos os serviços técnicos e de apoio do museu, liberando os ambientes da antiga residência de Raymundo Ottoni de Castro Maya, importante obra da arquitetura moderna brasileira, exclusivamente para exposições. O imóvel foi tombado e adaptado para funcionar como museu nos anos 1970.

Com dois mil m² de área construída, o projeto prevê espaços exclusivos para reservas técnicas, administração do museu, salas para atendimento a alunos, pesquisadores, terraço, jardim de esculturas, auditório e cafeteria.

A construção do "Anexo do Céu", que terá vista para a Baía da Guanabara, incluirá ainda um novo e mais confortável acesso ao museu, situado no bairro histórico de Santa Teresa. Os visitantes do Chácara do Céu passarão a entrar pela Rua Dias de Barros, perto de estação do bondinho local, e vão acessar a recepção do museu através de um plano inclinado.

Nova fase

A obra do anexo encontra-se com sua estrutura de concreto pronta. Três etapas da intervenção física já foram concluídas com recursos do BNDES, Petrobras e Fundo Nacional de Cultura, no valor total de R$ 7,8 milhões.

Na última quarta-feira (3), o museu publicou no Diário Oficial da União o resultado de concorrência para a realização da quarta etapa da obra, orçada em R$ 2,9 milhões. A nova fase prevê a finalização do novo hall de entrada do museu, a instalação do plano inclinado e sua subestação, a cobertura da cafeteria e passarela de ligação entre o novo anexo e a casa sede do museu.

“O anexo do nosso museu chegará em boa hora e foi concebido no respeito à natureza, sensível ao seu entorno, adequado a suas funções e dotará a Chácara do Céu dos espaços e das instalações indispensáveis para que o museu possa cumprir plenamente sua missão”, avalia o embaixador Marcos Azambuja, conselheiro da Associação Cultural dos Amigos dos Museus Castro Maya. “Ganharemos todos com um projeto que aponta para o futuro mas que, ao fazê-lo, permanece fiel à visão generosa de Raymundo de Castro Maya”, completa.

“Torço para que este projeto de ampliação do Museu da Chácara do Céu, que possibilitará um acesso mais democrático, um melhor abrigo para sua coleção e a ampliação de seus espaços de exposição, se realize o mais breve possível, tornando a Chácara um museu acessível e visitado, com seu acervo melhor cuidado, acrescentando ainda mais a seu papel já imprescindível em nossa comunidade e em Santa Teresa”, afirma a artista plástica Elizabeth Jobim.

A previsão é de que a quarta etapa do projeto “Anexo do Céu” seja entregue no segundo semestre de 2019.

---

Museus Ibram têm programação especial para o Dia das Crianças

dia das criancas

Diversos museus vinculados à rede Ibram, em várias regiões do Brasil, programaram atividades especiais para celebrar o Dia da Criança (12 de outubro).

No município de Serro (MG), o Museu Regional Casa dos Ottoni abrirá durante todo o mês de outubro espaço para piquenique, brincadeiras e leitura no jardim do museu. Ainda em Minas Gerais, o Museu do Diamante (em Diamantina) promoverá contação de histórias e pintura facial, no dia 9, e uma gincana no quintal do museu, no dia 10.

Já o Museu Regional de São João del-Rei promoverá, de 8 a 11 de outubro, apresentação de fantoches e o Teatro de Palhaças, baseados em lendas indígenas e, no dia 11, a abertura da exposição “Sobre Bichos”, que apresenta imagens de animais da fauna brasileira que envolvem, segundo a artista, o natural e o místico.

Em Goiás, o Museu das Bandeiras comemorará o Dia das Crianças com a realização de oficinas voltadas para os mitos e lendas brasileiros, com atividades lúdicas e criativas, através de Brincadeiras Populares, nos dias 9, 10 e 11. O museu promoverá, ainda, ações voltadas para a apresentação dos patrimônios imateriais brasileiros, em especial, as Cavalhadas, as bonecas Karajás (Iny) e outros registros imateriais.

No Maranhão, o Museu Casa Histórica de Alcântara, em parceria com o Museu Histórico de Alcântara e a Casa do Divino, realizará de 9 a 19 de outubro a ação "Museus: entre contos e brincadeiras". Além da visitação aos museus, as crianças participarão de contação de histórias, dinâmicas e brincadeiras, culturais com foco no patrimônio cultural e ambiental de Alcântara. Já em Recife (PE), o Museu da Abolição promoverá no dia 13 de outubro a ação Aguarézinho – Festejos de Contos, com contação de histórias, música, dança, brincadeiras e africanidade.

Em Petrópolis (RJ), a Biblioteca Rocambole do Museu Imperial exibirá no dia 9 de outubro o filme “O Homem das Cavernas”, que traz um jogo de futebol entre os times de uma tribo de homens das cavernas, que busca recuperar o perfeito Vale, contra o poderoso inimigo da Idade do Bronze. Além disso, a Biblioteca tem em sua programação, a contação de várias histórias durante o mês.

De 12 a 14 de outubro, o Museu Histórico Nacional (RJ) apresentará o "Museu de Brincadeiras" - uma viagem a gerações passadas para crianças de 7 a 14 anos, acompanhadas de pais ou responsáveis, através de brincadeiras que fizeram parte da infância de outros tempos. Acessível para pessoas com deficiência visual e com deficiência auditiva, a atividade abordará a questão “O que é ser criança? ”, trazendo à tona questões relacionadas com os direitos da criança e do adolescente.

---

Museu da Abolição e Centro Paulo Freire promovem formação para professores de Recife

museu_abolicao_recife_fachada_interior_281

O Centro de Formação Paulo Freire e o Museu da Abolição (MAB) promoveram esta semana, entre os dias 1º e 4 de outubro, mais uma formação de professores municipais do Recife (PE) sobre história e cultura afro-brasileira. A iniciativa tem como objetivo subsidiar professores dos níveis fundamental e médio das redes municipal e estadual para o ensino da temática, cuja obrigatoriedade é prevista pelas Leis 10.639/03 e 11.645/08.

Nesta edição, a formação teve como foco a análise linguística. Foram abordadas estratégias de mediação de leitura com foco na habilidade de diferenciar fato e opinião, a partir das vivências relatadas pelos/as docentes; elementos textuais para o estabelecimento de coesão e coerência, de forma a auxiliar os/as estudantes na leitura e na escrita; práticas essenciais para o trabalho com a produção textual; e possibilidades de trabalhar a análise linguística (coesão e coerência) a partir do contexto histórico da abolição, estabelecendo relação entre o passado e o presente.

A socialização de experiências e práticas educacionais, com mediação do MAB, e construções de textos e atividades com foco na cultura afro e nas relações raciais contemporâneas também integraram a programação desenvolvida.

---

Pinacoteca de SP prepara exposição com peças do acervo MHN

Agostinho_de_Jesus_Pintura_MHN

A Pinacoteca de São Paulo, na capital paulista, apresenta, de 6 de outubro de 2018 a 28 de janeiro de 2019, a exposição “Coleções em Diálogo: Museu Histórico Nacional e Pinacoteca de São Paulo” no 2º andar da Pina Luz.

Com curadoria de Valéria Piccoli, curadora-chefe da Pinacoteca, e Paulo Knauss, diretor do Museu Histórico Nacional (MHN), a coletiva apresenta uma seleção de obras dos dois museus, incluindo telas em grande formato e em papel inéditas ou pouco vistas pelo público geral, como parte do programa desenvolvido pela Pinacoteca que propõe criar novas interpretações sobre as coleções das instituições ao contrapor obras de seus acervos.

A mostra é estruturada por quatro núcleos principais: Arte colonial, Pintura de história, Paisagens de guerra e Arte e patrimônio. Da coleção do MHN, instituição vinculada ao Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), poderão ser vistas obras de Leandro Joaquim (1738-1798), Manoel de Araújo Porto-Alegre (1806-1879), João Baptista da Costa (1865-1926), Rodolpho Bernardelli (1852-1931), Pedro Américo (1843-1905), entre outros.

Destaca-se também obras de Johann Moritz Rugendas (1802-1858), um dos mais importantes artistas viajantes que estiveram no Brasil durante o século XIX. Integra o conjunto inédito em São Paulo, além do passaporte de Rugendas, uma série de pinturas do italiano Edoardo de Martino (1836-1912), que vem somar as três obras do artista da coleção da Pinacoteca. Saiba mais.

Imagem: Retrato de Padre Antônio Vieira por Frei Agostinho de Jesus (século XVII). Divulgação: Museu Histórico Nacional.

 

Agendas

Fora/Dentro

O quê: Na exposição, obras do artista Raul Mourão podem ser vistas nos jardins do Palácio e na Galeria do Lago do Museu da República. A Galeria abriga seus trabalhos menores, enquanto os jardins do Palácio são ocupados por seis grandes esculturas de aço corten que chegam a medir mais de 4 metros. Sob a curadoria de Isabel Sanson Portella, que também é diretora da Galeria, maquetes, esculturas, objetos, fotografias e vídeo expõem o caráter ambíguo e lúdico de Fora/Dentro.
Quando: Até 2/12, das 14h às 17h – Galeria do Lago e das 8h às 17h30 – Jardins.
Onde: Museu da República (Rua do Catete, 153 – Catete | Rio de Janeiro - RJ)
Informações: (21) 2127 0334

---

Terra de quilombo, retrato de uma etnia

O quê: A exposição traz ao público, através das fotografias de Ricardo Alves, a cultura dos quilombos remanescentes de Preto Forro, Maria Romana, Botafogo, Maria Joaquina e Fazenda Espírito Santo, em Cabo Frio (RJ). A tradição musical e objetos das comunidades compõem o percurso expositivo, contribuindo para comunicar o cotidiano quilombola.
Quando: A partir de 29/9.
Onde: Museu de Arte Religiosa e Tradicional (Largo de Santo Antônio s/n - Antigo Convento N. Sra. dos Anjos | Cabo Frio - RJ)
Informações: (22) 2646 7340

---

Caio Fernando Abreu - Doces Memórias

O quê: Exposição celebra os 70 anos de nascimento do escritor gaúcho Caio Fernando Abreu (1948-1996), apresentando cartas, manuscritos e documentos da sua vida pessoal e profissional.
Quando: De 13/9 a 27/10. Entrada franca.
Onde: Museu Nacional Honestino Guimarães (Setor Cultural Sul Lote 02 - Esplanada dos Ministérios | Brasília - DF)
Informações: (61) 3325-5220 | www.cultura.df.gov.br/museu-nacional

---

Modernismo brasileiro em quatro tempos

O quê: Promovido pelo museu-casa literário Casa Guilherme de Almeida, curso oferecido ao público abordará o modernismo nacional, da Semana de 1922 e seus antecedentes, contextualizando o acervo da instituição com o movimento e refletindo sobre os desdobramentos desse efervescente momento artístico. Ministrado por Karina Sérgio Gomes.
Quando: De 10 a 31/10 (quartas-feiras), às 19h.
Onde: Casa Guilherme de Almeida (Rua Macapá, 187 – Perdizes | São Paulo - SP)
Informações: (11) 3673-1883 | www.casaguilhermedealmeida.org.br

---

Histórias afro-atlânticas

O quê: A exposição coletiva apresenta cerca de 400 obras de mais de 200 artistas de origem africana, pertencentes ao acervo do MASP e a coleções brasileiras e internacionais, incluindo desenhos, pinturas, esculturas, filmes, vídeos, instalações e fotografias, além de documentos e publicações, de arte africana, europeia, latino e norte-americana, caribenha, entre outras.
Quando: De 30/6 a 21/10. Terça a domingo, das 11h às 20h.
Onde: Instituto Tomie Ohtake (Av. Brigadeiro Faria Lima, 201 – Pinheiros | São Paulo – SP )
Informações: www.institutotomieohtake.org.br

---

Ocupação Ilê Aiyê

O quê: A exposição homenageia a trajetória do bloco Ilê Aiyê, fundado no dia 1º de novembro de 1974 em Salvador (BA) e composto exclusivamente de pessoas negras. Mostra é dividida em quatro eixos principais, que contam a história do primeiro bloco afro do Brasil, de seu surgimento até sua expansão e atuação para além do carnaval.
Quando: De 4/10 de 2018 a 6/1 de de 2019. Terça a sexta, das 9h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h. Entrada gratuita.
Onde: Itaú Cultural (Av. Paulista, 149 | São Paulo - SP)
Informações: (11) 2168 1777 | www.itaucultural.org.br

 

Cursos e oficinas

Museu e educação: os 60 anos da Declaração do Rio de Janeiro

O quê: Conferências, mesas redondas, painéis temáticos, relatos de experiências e exposição compõem a programação da edição 2018 do Seminário Internacional do Museu Histórico Nacional, que celebra a Declaração do Rio de Janeiro, documento elaborado em 1958 que representa um marco internacional para a educação museal.
Quando: De 9 a 11/10.
Onde: Museu Histórico Nacional (Praça Marechal Âncora s/n° - Centro | Rio de Janeiro - RJ)
Informações: https://bit.ly/2BXFSJy | https://form.jotformz.com/80245703004646

 

---

Desenhando o futuro: gestão e sustentabilidade nos museus

O quê: Acompanhando o cronograma de restauração e modernização do Museu do Ipiranga da Universidade de São Paulo, uma série de seminários internacionais objetiva compartilhar experiências, estreitar laços e construir uma rede de cooperação dedicada ao tema. A primeira edição prevê quatro mesas de discussão compostas por gestores e especialistas de instituições do Brasil, Canadá, México, Peru e Portugal.
Quando: Dias 17 e 18/10.
Onde: Sesc Ipiranga (Rua Bom Pastor, 822 | São Paulo - SP)
Informações: (11) 3340 2000 sescsp.org.br/ipiranga

---

Preservação da Memória Institucional - Perspectivas e Interdisciplinaridades

O quê: O seminário reunirá gestores e especialistas do poder legislativo e de diversas instituições públicas brasileiras custodiantes de bens culturais (tais como bibliotecas, arquivos e museus), de forma a abrir canais de discussão técnica e científica sobre a preservação, o acesso e a fruição da memória institucional, em especial, da memória legislativa.
Quando: De 19 a 23/11, das 9h às 17h30.
Onde: Câmara dos Deputados (Palácio do Congresso Nacional - Praça dos Três Poderes | Brasília - DF)
Informações: www.camara.leg.br/eventos-divulgacao/evento?id=57096

---

IV Colóquio Internacional Memória e Patrimônio

O quê: Promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural da Universidade Federal de Pelotas, evento debaterá questões sobre memória, patrimônio cultural, conservação e gestão de acervos, espaços de memória, trajetórias e relatos de atividades, em programação que contará com conferências, mesas redondas e apresentação de trabalhos.
Quando: Dias 8 e 9/11. Inscrição de comunicações até 20/10 e de ouvintes até 8/11.
Onde: Campus II do ICH da UFPel (Rua Almirante Barroso, 1202 | Pelotas - RS)
Informações: ivcoloquiomp.weebly.com/