Boletim eletrônico Nº 717 - Ano XV - 30 de novembro a 7 de dezembro de 2018

---

Especialistas rejeitam extinção do Ibram em comissão mista sobre MP 850

imagem_materia

A Comissão Mista destinada a emitir parecer sobre a Medida Provisória nº 850/2018, que autoriza a extinção do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e a criação da Agência Brasileira de Museus (Abram), realizou na última quarta-feira (28) audiência pública destinada a ouvir a opinião de convidados sobre a proposta.

Participaram da audiência o ministro da Cultura e idealizador da MP 850, Sérgio Sá Leitão; a presidente substituta do Ibram, Eneida Braga Rocha; o diretor do Museu Nacional/UFRJ, Alexander Kellner; a presidente do ICOM Brasil, Renata Motta; o ex-presidente e fundador do Ibram, José do Nascimento Jr; e a presidente do Conselho Federal de Museologia (COFEM), Maria Eugênia dos Santos Teixeira Saturni.

Também falaram durante a audiência a professora e coordenadora do Museu Afro Brasileiro/UFBA, Maria das Graças Teixeira; os representantes do Ministério da Educação, Weber de Gomes Sousa; e do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Eduardo Monteiro Pastore; o representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), Gilberto Jorge Cordeiro Gomes; a historiadora Fernanda Santana Rabelo de Castro, da Rede de Educadores de Museus; o diretor da Escola de Museologia da UNIRIO, Ivan Coelho de Sá; e o gerente de Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial do SEBRAE, Bruno Quick.

À exceção do ministro da Cultura e dos representantes do Ministério da Educação e Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, os convidados foram unânimes na reprovação da proposta de extinção do Ibram e de criação, nos moldes colocados pela MP 850, da Agência Brasileira de Museus. Leia a matéria completa.

---

Chile assume a Presidência do Conselho do Ibermuseus no triênio 2019-2021

Reuniao_Ibermuseus_Quito

A reunião da 14ª reunião ordinária do Conselho Intergovernamental do Ibermuseus, realizada nos dias 22 e 23 de novembro, em Quito, Equador, aprovou o nome do coordenador do Sistema Nacional de Museus do Chile, Alan Trampe, para a Presidência do Programa Ibermuseus no triênio 2019-2021.

Trampe assume o posto que atualmente ocupa Magdalena Zavala, Coordenadora Nacional de Belas Artes do México, que preside o Conselho desde 2016. O Chile é o terceiro país a assumir a presidência do Programa Ibermuseus, após o México (2016-2018) e o Brasil (2008-2015).

A vice-presidência do Programa será ocupada por Portugal, na representação de David Santos, Subdiretor Geral do Património Cultural do país europeu, quem demostrou seu interesse em colaborar com o Chile em benefício do Ibermuseus, e teve seu nome aprovado por unanimidade.

Apoio ao Ibram

Na reunião, o Conselho Intergovernamental do Ibermuseus manifestou preocupação com a MP 850 que tramita o parlamento brasileiro e reiterou o apoio ao Instituto Brasileiro de Museus na condução da Política Nacional de Museus.

Participaram Participam da reunião os representantes de 11 dos 12 países que compõem o Conselho – Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Espanha, México, Peru, Portugal e Uruguai -, além de representantes da Secretaria Geral Ibero-americana (Segib), da Organização de Estados Ibero-americanos (OEI), da Agencia Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (Aecid) e da Unidade Técnica do Programa.

---

Passaporte de Museus tem validade estendida até março de 2019

PassaporteMuseus2

O Passaporte de Museus 2018, que oferece acesso gratuito a 77 museus e centros culturais no Rio de Janeiro e duraria até o final deste ano, terá sua validade estendida. Oferecendo mais uma boa opção cultural a quem passar as férias na região, a ação garantirá aos portadores visitação livre até 31 de março de 2019.

Os exemplares podem ser retirados em algum dos pontos de distribuição e garantem visita gratuita aos museus participantes em dias da semana que podem ser consultados no próprio passaporte. Basta escolher o museu e apresentá-lo na bilheteria para ter a entrada garantida e ganhar um carimbo.

Confira a lista de museus e centros culturais que participam da ação.

O Passaporte de Museus pode ser retirado no Museu Nacional de Belas Artes, Museu da República e Museu Imperial (Petrópolis), todos integrantes da rede Ibram; e também no Museu de Arte do Rio (MAR), Museu Aeroespacial, CCBB Rio, Sítio Roberto Burle Marx, Casa do Patrimônio Ferroviário do Rio de Janeiro, Museu de Arte Contemporânea – MAC (Niterói), Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro e Museu do Amanhã.

Promovido pelo Ibram desde 2015, o Passaporte de Museus conta com as parcerias das secretarias de Estado da Cultura e do Município do Rio de Janeiro. Confira perguntas frequentes sobre a ação.

---

Próxima edição do Circuito Villa-Lobos acontece na próxima quarta

IMG-20180329-WA0033

O Circuito Villa-Lobos, iniciativa do Museu Villa-Lobos que leva moradores e visitantes do Rio de Janeiro a um passeio guiado pelos pontos da cidade mais frequentados pelo maestro e compositor brasileiro, terá mais uma edição na próxima quarta-feira (5).

O Theatro Municipal, a Confeitaria Colombo, a Associação Brasileira de imprensa, o Clube Ginástico Português, o Palácio Gustavo Capanema e o edifício em que Heitor Villa-Lobos (1887-1959) viveu seus últimos anos integram o roteiro.

O walking tour culminará com visita à Casa do Choro, instituição dedicada à preservação do gênero brasileiro que inspirou Villa-Lobos, onde haverá recital didático de música brasileira com quarteto de flauta, violão, cavaquinho e percussão.

O Circuito Villa-Lobos é aberto à participação de qualquer pessoa, com contribuição de R$ 1. O ponto de encontro para a saída do passeio é a escadaria do Theatro Municipal, no centro do Rio de Janeiro. Interessados devem garantir sua reserva pelo telefone (21) 97133-1822.

---

'O retrato do rei dom João VI’ é a nova exposição do MHN

Dom Joao e esposa_MHN

O Museu Histórico Nacional (MHN/Ibram) inaugurou na quinta-feira (29) a exposição "O retrato do rei dom João VI", que marca os 200 anos de sua aclamação como Rei de Portugal, Brasil e Algarves. A mostra reúne mais de 60 peças que apresentarão ao visitante as várias faces de dom João VI ao longo da vida.

Com curadoria de Paulo Knauss, diretor do MHN e professor de História da Universidade Federal Fluminense – UFF, a mostra é centrada na construção da imagem de dom João a partir de 24 pinturas, oriundas de instituições brasileiras e portuguesas, coleções particulares e do próprio acervo do MHN. Além dos retratos, completam a exposição condecorações, medalhas, moedas, leques, gravuras e uma réplica da coroa de 1818.

Dom João VI foi, possivelmente, o rei português mais retratado na história da pintura e da gravura, pois precisava promover sua imagem para se fazer presente em Portugal enquanto viveu no Brasil – entre 1808 e 1821.

A curadoria se propõe a revelar uma história da pintura no Brasil da época, em diálogo com a produção da Missão Artística Francesa, com destaque para os trabalhos de José Leandro de Carvalho e Simplício Rodrigues de Sá.

A exposição “O retrato do rei dom João VI” dá início a uma série de eventos comemorativos do bicentenário da independência do Brasil e do centenário do MHN em 2022, e fica em cartaz até 17 de fevereiro de 2019. Saiba mais.

O Bonde da História

Na primeira edição do mês de dezembro, dia 2, acontecerá uma Conversa na Galeria com o curador da mostra "O retrato do rei dom João VI" e diretor do MHN, Paulo Knauss, e Patrícia Telles - doutora em História da Arte pela Universidade de Évora (Portugal).

Para participar, não é preciso agendamento prévio para participar do Bonde da História: o encontro com os educadores acontece na recepção do museu. A visita será gratuita. Mais informações pelo e-mail mhn.educacao@museus.gov.br ou pelo telefone (21) 3299.0324.

Foto: Dom João e sua esposa, dona Carlota Joaquina: o retrato, feito no século XIX por Manuel Dias de Oliveira, pertence ao acervo do Museu Histórico Nacional.

---

Museu do Diamante inaugura exposição com bordados regionais

Natividade bordada_Museu do Diamante

Em Diamantina (MG), o Museu do Diamante/Ibram inaugurou na quinta-feira (29) a exposição “Natividade Bordada - presépios bordados”, de Parísina Ribeiro.

A artista é filha de bordadeira e alia suas memórias, dons familiares, formação acadêmica, experiências (nacional e internacional) em diversas vertentes do bordado, com ênfase no bordado livre, espontâneo, Naïf.

Os trabalhos apresentados propõem uma viagem aos festejos natalinos através da técnica de bordado que alia a arte têxtil, a cultura popular presente em Diamantina (MG), a memória afetiva da artista e uma homenagem ao seu avô Edson Ribeiro, construtor de presépios na família.

A mostra contará, ainda, com a participação de convidadas, as artistas bordadeiras Beatriz M. Telles, de Poços de Caldas (MG); Olinda Evangelista, de Florianópolis (SC) e Vania Cardoso, de Socorro (SP).

A exposição “Natividade Bordada - presépios bordados” fica em cartaz até 07 de janeiro de 2019, sendo o último projeto contemplado pelo Edital Ocupa Museu do Diamante/Ibram.

 

Agendas

Antonio Candido na Coleção Edgard Carone

O quê: A exposição apresenta livros, folhetos e documentos do sociólogo, crítico literário e professor Antonio Candido (1918-2017) pertencentes à coleção Edgard Carone, do acervo do Museu Republicano de Itu. Destacam-se as obras de crítica literária, história da literatura brasileira, colaborações em revistas e periódicos e sua amizade com Edgard Carone, que era o proprietário da fazenda Bela Aliança, onde Candido desenvolveu a pesquisa que resultou no clássico Os Parceiros do Rio Bonito.
Quando: A partir de 18/9. De terça a domingo, das 10h às 17h. Entrada Gratuita.
Onde: Museu Republicano de Itu (Rua Barão de Itaim, 67 – Centro Histórico | Itu - SP)
Informações: (11) 4023 0240 | mrci@usp.br

---

NDÉ! Trajetórias Afro-brasileiras em Belo Horizonte

O quê: A mostra apresenta a multiplicidade e diversidade de contribuições africanas e afro-brasileiras para a construção da história de Belo Horizonte.
Quando: A partir de 30/11. Terça a domingo, das 10h às 17h; quartas e quintas, das 10h às 18h30. Entrada gratuita.
Onde: Museu Histórico Abílio Barreto (Av. Prudente de Morais, 202 - Cidade Jardim | Belo Horizonte - MG)
Informações: (31) 3277-8573

---

I Semana de Cartografia

O quê: Evento tem como objetivo mostrar como práticas da cartografia fazem parte do cotidiano do MAST, com mesas-redondas, palestra e atividades para adultos e crianças.
Quando: De 28/11 a 1º/12. Grátis.
Onde: Museu de Astronomia e Ciências Afins - MAST (Rua General Bruce, 586 | Rio de Janeiro - RJ)
Informações: (21) 3514-5299

---

Feed Dog – Festival Internacional de Documentários de Moda

O quê: Festival exibirá quatro documentários, todos eles seguidos de comentários de professores ou profissionais da área de moda. Os filmes integram o 6º Ciclo Cinema e Moda, evento promovido pelo Museu da Moda que busca ampliar o olhar para o fenômeno da moda em suas articulações com outras áreas por intermédio do cinema. Museu também recebe a exposição “Feed Dog Fotosite”, que apresenta 40 fotografias que registram momentos emblemáticos e marcantes de passarelas, backstages, ruas e atmosfera de diversos eventos consagrados no universo da Moda.
Quando: A partir de 27/11. Entrada gratuita.
Onde: Museu da Moda de Belo Horizonte (Rua da Bahia, 1.149 - Centro | Belo Horizonte - BH)
Informações: (31) 3277-9248 | http://br.feeddog.org/

---

Fernando Pessoa – a minha arte é ser eu

O quê: Com curadoria Ceres Storchios, exposição celebra os 130 anos de nascimento do poeta português abordando suas facetas como escritor, filósofo, dramaturgo, ensaísta, tradutor, publicitário, astrólogo, inventor, empresário, correspondente comercial e crítico literário. Um dos recursos narrativos utilizados é a contextualização cenográfica de aspectos do cotidiano e imaginário de Pessoa.
Quando: De 24/10 a 30/12.
Onde: Santander Cultural (Rua Sete de Setembro, 1028 - Centro Histórico | Porto Alegre - RS)
Informações: (51) 3287 5500 | facebook.com.br/santandercultural

---

Mês da Consciência Negra no MART

O quê: Palestra sobre o tema “As Famílias Negras em Cabo Frio: Escravidão e Pós-Abolição”, com a Profª Dra. Nilma Teixeira Accioli; e oficina sobre “Reeducação para as Relações Étnico-Raciais na Escola: Desafios e Possibilidades na Prática Docente”, com a Profª Dra. Livia Nascimento Monteiro.
Quando: Dia 30/11, das 14h às 18h. Inscrições gratuitas online (ver link abaixo).
Onde: Museu de Arte Religiosa e Tradicional (Largo de Santo Antônio - Centro | Cabo Frio - RJ)
Informações: (22) 2646-7340 | mart@museus.gov.br | https://goo.gl/KMfwv1

 

Cursos e oficinas

Do Pincel ao Pixel: Imagens em Debate

O quê: Evento tem como objetivo compartilhar com o público discussões acerca da produção e circulação de imagens na contemporaneidade a partir de pontos de vista interdisciplinares. Programação inclui oficinas, palestra, mesas-redondas, lançamento de livros, exibição de documentário e apresentação de produção visual com performance musical ao vivo.
Quando: Dias 5 e 6/12. Inscrições gratuitas na página do evento (ver link abaixo).
Onde: Centro de Artes UFPel (Rua Alberto Rosa, 62 | Pelotas - RS)
Informações: http://bit.do/eBVhy

---

Seminário Internacional Arquivos e Direitos Humanos

O quê: No mês em que são celebrados os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, o seminário, que contará com a participação de especialistas nacionais e internacionais, debaterá em seis mesas a importância da proteção e preservação dos documentos públicos como fonte de prova e informação na promoção dos Direitos Humanos.
Quando: Dias 6 e 7/12.
Onde: Auditório do Arquivo Público do Estado de São Paulo (Rua Volutários da Pátria, 596 - Santana | São Paulo - SP)
Informações: www.arquivoestado.sp.gov.br/seminario_arquivos_direitos_humanos

---

Curso Gratuito de Museologia Social

O quê: O curso vai abordar conceitos sobre patrimônio e museus, memória social, função soccial dos museus, museologia social no Brasil e experiências brasileiras nesta perspectiva. Facilitadores: João Paulo Vieira e Inês Gouveia.
Quando: Dia 14 e 15/12, 9h30 às 17h. Gratuito (inscrições no limk abaixo).
Onde: Raízes de Gericinó - Museu Casa de Bumba Meu Boi em Movimento (Estrada do Gericinó, 80 - Bangu | Rio de Janeiro - RJ)
Informações: http://goo.gl/EED1YT