Boletim eletrônico Nº 722 - Ano XVI - 08 a 15 de fevereiro de 2019

---

17ª Semana de Museus: inscrições seguem abertas até o dia 17

Imagem_Boletim_ 17 SNM

Seguem abertas até o próximo dia 17 as inscrições para a 17ª Semana Nacional de Museus, que acontece entre os dias 13 e 19 de maio com o tema “Museus como Núcleos Culturais: O Futuro das Tradições”.

Como de costume, o mote da temporada de eventos organizada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) no primeiro semestre segue sugestão do Conselho Internacional de Museus (ICOM) para a celebração do Dia Internacional dos Museus (18 de maio). A ideia é aquecer a visitação dos museus e centros culturais participantes e convidá-los a promover atividades inspiradas pela temática.

O tema da 17ª edição propõe discutir o papel dos museus como centros emanadores e receptores de práticas, costumes e pensamentos de uma cultura. Desde os anos 1970 o tema tem pautado o setor de museus em todo o mundo e sua pertinência se confirma na atualidade.

Como resume o texto inspirador da ação para este ano, a palavra “tradição” não possui um sentido único, remetendo a tradições ancestrais milenares (como as tradições indígenas e de matriz africana presentes no Brasil) mas também a tradições inventadas, “tradições progressistas e tradições conservadoras, tradições que se opõem à vida e outras que valorizam a vida”. Leia o texto na íntegra.

Como participar

Para participar da 17ª Semana Nacional de Museus, o museu ou centro cultural interessado deve inscrever pelo menos uma atividade a ser incorporada à programação da temporada. Podem ser inscritos exposições, visitas mediadas, seminários, debates, palestras, oficinas, exibições de filmes e apresentações musicais, entre outros.

Cartilha produzida pelo Ibram e disponibilizada online oferece dicas para a realização de parcerias destinadas a viabilizar a realização das atividades, divulgá-las e garantir o envolvimento do museu com sua comunidade.

---

Documentário que retrata jardim do Palácio do Catete será exibido no MoMA

museu_da_republicabyMiguelFNeto01

O documentário de estreia da roteirista, produtora e diretora brasileira Monica Klemz, Um Jardim Singular, gravado no jardim histórico do Palácio do Catete (Museu da República), será exibido no Museu de Arte Moderna (MoMA), de Nova York (EUA), no próximo dia 23, como parte da programação do festival Doc Fortnight 2019.

Única obra brasileira selecionada para o festival, o filme lançado em 2017, aborda a singularidade do jardim do Palácio do Catete, antiga residência dos aristocratas Barão e Baronesa de Nova Friburgo que, a partir de 1887, tornou-se a sede do poder executivo brasileiro e residência oficial da Presidência da República, função que desempenhou até 1960 com a transferência da capital federal para Brasília e a criação do Museu da República, que abriu as portas no mesmo ano.

O filme utiliza fotografias de arquivos, textos de jornais e filmagens atuais para retratar os vários momentos da história do jardim como uma metáfora das mudanças vividas nas últimas quinze décadas em temas como a preservação e difusão do patrimônio cultural e os modos de viver das grandes metrópoles.

Um Jardim Singular passeia por um espaço verde nascido no Brasil Império escravocrata, berço da primeira República e patrimônio tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1938, no meio do caos urbano, e a forma como pessoas interagem com ele e como o espaço verde se desdobra em múltiplas facetas, do globalizante ao singular. O cenário foi escolhido pela diretora para tecer relações entre memória e globalização, monumento e modernidade, isolamento e espaço público na obra de ficção.

Desde lançado, o filme já passou por mais de 60 festivais internacionais em cinco continentes, como o Full Frame Documentary Film Festival 2018 (EUA) que, segundo Klemz, abriu as portas para a seleção do MoMA; e o Traverse City Film Festival 2018 (EUA) do renomado documentarista e ativista americano Michael Moore. A produção, iniciada em 2017, foi contemplada com o Edital Elipse 2017, da Fundação Cesgranrio, para fomento de curtas universitários.

Exibição gratuita

Um Jardim Singular terá sua segunda exibição no Brasil em edição do Cineclube Museu da República com o tema Arquitetura e Urbanismo, a ser realizada no dia 28 de março, a partir das 18h. Também será exibido na ocasião o filme Pedregulho - O Sonho Possível, de Ivana Mendes. A diretora Monica Klemz estará presente na exibição para debate com o público. A participação é gratuita. Confira o trailer do filme e saiba mais sobre o jardim do Palácio do Catete.

---

Consulta pública para reestruturar CNPC é estendida até 17 de março

cnpc-interna

A Secretaria Especial da Cultura prorrogou para até 17 de fevereiro a consulta pública aberta no final do ano passado para a elaboração de novo decreto do Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC), órgão responsável por propor a formulação de políticas públicas para o desenvolvimento e o fomento das atividades culturais no Brasil.

A atual composição e o funcionamento do CNPC foram estabelecidos pelo Decreto nº 5.520/2005 e passou por duas atualizações, por meio da edição do Decreto nº 6.973, de 07 de outubro de 2009, e do Decreto nº 8.611, de 21 de dezembro de 2015.

O CNPC é hoje composto por Plenário, Comitê de Integração de Políticas Culturais, Conferência Nacional de Cultura, Comissões Temáticas ou Grupos de Trabalho e Colegiados Setoriais de áreas técnico-artísticas e de patrimônio. Sua estrutura fixa envolve mais de 600 pessoas, sendo os 540 integrantes dos Colegiados Setoriais, entre titulares e suplentes, escolhidos em processo eleitoral nacional. O Plenário do CNPC é composto por 76 integrantes, entre representantes do poder público federal, estadual e municipal, da sociedade civil e convidados, com mandato de dois anos.

Agilidade e representatividade

De acordo com a secretária de Diversidade Cultural da Secretaria Especial da Cultura, Magali Moura, o objetivo é da nova atualização é ter um CNPC mais ágil, que fortaleça o Sistema Nacional de Cultura, com representatividade da sociedade civil por meio dos Conselhos dos Estados e Municípios e das entidades dos setores culturais, com paridade entre poder público e sociedade civil.

“Além disso, levamos em conta as dimensões simbólica, cidadã e econômica da cultura, tendo a multissetorialidade como critério orientador, com vistas ao debate de políticas públicas transversais e também específicas”, afirma a secretária.

Como contribuir

Qualquer pessoa pode participar. As contribuições devem ser feitas na plataforma digital do CNPC. Interessados em contribuir devem fazer o cadastro no ID da Cultura, colocando nome, e-mail e CPF (veja o passo a passo). Em seguida, na página da consulta, o participante cadastrado poderá inserir comentários com proposições de alteração ao texto em cada parágrafo da minuta do decreto.

Mais informações: cnpc@cultura.gov.br

---

Programa Ibermuseus ganha nova página na internet

Logo_Ibermuseus_Capa

O Programa Ibermuseus, que reúne 22 países da península ibérica e América Latina, conta desde a semana passada com nova página na internet.

Com layout reformulado, o novo site oferece acesso mais fácil a notícias sobre o cenário museológico ibero-americano, ações desenvolvidas pelo programa nas áreas de educação, patrimônio, capacitação, sustentabilidade e curadoria, além do Observatório Ibero-Americano de Museus.

A página também permite acessar com agilidade o Registro de Museus Ibero-americanos, as publicações lançadas pelo Programa Ibermuseus e o Banco de Boas Práticas, repositório das iniciativas premiadas e reconhecidas com menção honrosa nas categorias do Prêmio Iberomuseus de Educação.

Conheça o novo site em: www.ibermuseus.org.

---

BNDES recebe até 28 de fevereiro propostas de museus para edital de R$ 25 mi

bndes

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) recebe até 28 de fevereiro propostas para chamada pública voltada à segurança em instituições culturais públicas de guarda de acervos memoriais. O valor total da seleção é de até R$ 25 milhões em recursos a serem deduzidos por meio da Lei Rouanet.

O edital vai selecionar propostas de projetos de segurança (detecção, prevenção e combate a incêndio e pânico; instalações elétricas; e Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas) em edificações históricas que guardem acervos memoriais brasileiros (museus, arquivos, bibliotecas).

Cada instituição cultural pública de guarda de acervo memorial poderá enviar somente uma proposta. A inscrição é feita por meio de preenchimento do formulário de inscrição online e envio da versão digitalizada da documentação exigida. Para mais detalhes, leia edital, termo de referência e manual de preenchimento.

 

Agenda

Oxalá na criação do mundo

O quê: Voltada para crianças de 6 a 12 anos e suas famílias, a próxima edição do "Bondinho da História", do Museu Histórico Nacional, levará os participantes para conhecer o mito yorubá sobr a criação do mundo, abordado em contação de história e oficina criativa. A atividade será realizada no interior da exposição de longa duração do museu, próximo ao Altar de Oxalá e na Casa do Trem.
Quando: Dia 10/2 (domingo), a partir das 15h.
Onde: Museu Histórico Nacional (Praça Marechal Âncora, s/n | Rio de Janeiro - RJ)
Informações: (21) 3299-0324 | faleconosco.mhn@museus.gov.br

---

Folia de Imagens

O quê: Iniciado em 2013, o projeto Folia de Imagens foi elaborado e desenvolvido de maneira independente por fotógrafos, em sua maioria oriundos de favelas e territórios periféricos, com o objetivo de documentar as manifestações culturais ligadas ao carnaval e outras festas populares em favelas, periferias, subúrbios e vários bairros do Rio de Janeiro e também em outros estados. O projeto surgiu da necessidade de registro e preservação da cultura brasileira e de democratização ao acesso a esse acervo produzido em um banco de imagens.
Quando: A partir de 8/2. Segunda a sábado, das 12h às 18h.
Onde: Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica (Rua Luís de Camões, 68 – Praça Tiradentes | Rio de Janeiro - RJ)
Informações: (21) 2242-1012 | cmaho.cultura@gmail.com

---

Ocupação Museu do Ipiranga

O quê: Ações performáticas e rodas de conversa ocupam o interior do Museu do Ipiranga, em processo de restauro e modernização, pautadas por discussões sobre identidade e diversidade culturais. As atividades são gratuitas, com retirada 1 hora antes na bilheteria do Sesc Ipiranga e são acessíveis para a comunidade surda. Na abertura, neste sábado e domingo (9 e 10) a partir das 17h, haverá recital literomusical para quebrar as fronteiras da língua e outras muralhas, numa performance-integração dos povos da terra, nas suas diversas culturas e etnias. Participação de Alicia Arteaga (Cuba), Ermi Panzo (Angola), Nayara Rodrigues (Brasil), Yannick Delass (Congo) e Rajana Olba (Síria).
Quando: Dias 9, 10, 16, 17, 23 e 24/2 (sábados e domingos), a partir das 15h.
Onde: Sesc Ipiranga (Rua Bom Pastor, 822 | São Paulo - SP)
Informações: (11) 3340-2000 | email@ipiranga.sescsp.org.br

Cursos

A importância da Química em Conservação e Restauro de Obras de Arte

O quê: Minsitrado pela professora Maria Isabel Spitz Argolo (Graduação em Química pela UFF; Mestre em Química pela PUC-Rio e Doutoranda em Química na UFRJ, curso vai abordar como a Química pode auxiliar estudantes e profissionais de Conservação e Restauro, Museologia, Biblioteconomia, Arquivologia e áreas afins a compreender os materiais que compõem as obras de Arte, assim como os processos de degradação os quais elas sofrem ao longo dos anos. Da mesma forma, ter conhecimentos gerais sobre a importância da Preservação do nosso Patrimônio nos torna mais cidadãos. A relação entre a Química e a Arte é, portanto, transdisciplinar. Nesse curso, serão abordados os principais materiais utilizados em Arte e Conservação-Restauro e de que forma o Químico pode se tornar um Cientista da Conservação.
Quando: De 8 a 11/4, das 14h45 às 17h15.
Onde: Centro de Tecnologia - UFRJ (Av. Athos da Silveira Ramos, 149 Bloco A, 2º andar - Cidade Universitária | Rio de Janeiro - RJ)
Informações: (21) 2194 1909 | http://semanadaquimica.org

---

Museus como Hubs Culturais: o Futuro da Tradição

O quê: Palestras com Masahisa Nakatani, secretário geral do Conselho Internacional de Museus (ICOM) no Japão; e Hideyasy Yamazaki, assessor da direção do Museu Nacional de Kyoto sobre os museus japoneses na atualidade e a Conferência Geral do ICOM Kyoto 2019.
Quando: dia 20/2, às 15h; e 21/2, às 17h.
Onde: Museu do Amanhã (Praça Mauá, 1 | Rio de Janeiro - RJ) e Japan House (Av. Paulista, 52 | São Paulo - SP)
Informações: www.icom.org.br