Boletim eletrônico Nº 737 - Ano XVI - 31 de maio a 7 junho de 2019

---

Cinco museus Ibram receberão R$ 17 milhões em recursos do Fundo de Defesa dos Direitos Difusos

Museu Histórico Nacional

Em reunião realizada no último dia 23, o Conselho Gestor do Fundo de Defesa dos Direitos Difusos aprovou projetos de cinco museus do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) para receber recursos que serão investidos em obras de restauração e requalificação, incluindo reparos de infraestrutura, reforço de segurança contra incêndio, entre outras benfeitorias.

Entre os projetos apresentados pelo Ibram, foram contemplados o Museu Casa Histórica de Alcântara (MA), o Museu da Abolição (PE), o Museu Nacional de Belas Artes, o Museu Histórico Nacional e o Museu Villa-Lobos, estes três no Rio de Janeiro. Juntos, os museus receberão, na execução orçamentária de 2019, cerca de R$ 17 milhões, somando um investimento de R$ 55.525.763,64 até o final de 2021.

Na mesma reunião, o Conselho aprovou 35 projetos, sendo 22 voltados para o setor cultural, com ações de restauração, modernização, conservação, implantação e melhorias de museus, bibliotecas e espaços culturais, totalizando R$ 61,4 milhões em investimentos, ainda em 2019.

Além do Instituto Brasileiro de Museus, propostas apresentadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Fundação Casa de Rui Barbosa e Fundação Biblioteca Nacional também foram contempladas. A Portaria com os projetos aprovados foi publicada no Diário Oficial da União no dia 27 de maio.

O presidente do Ibram, Paulo Amaral, ressalta a importância da iniciativa do Ministério da Justiça em devolver à sociedade valores vultosos a serem aplicados em obras justas e indispensáveis, e espera poder contar com novas oportunidades como essa, em prol dos museus brasileiros.

Vinculado à Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, o Fundo de Defesa de Direitos Difusos (FDD) possui R$ 714 milhões para financiar os projetos em 2019. Mais de 80% desse montante são provenientes de multas aplicadas em ações do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Em abril deste ano, o FDD publicou processo seletivo para o repasse de recursos, voltado somente para órgãos federais. Ainda neste semestre, instituições estaduais, municipais e organizações da sociedade civil serão convocadas a apresentar iniciativas que poderão ser financiadas pelo fundo.

Foto: Visita guiada no Museu Histórico Nacional / Divulgação MHN

---

Museu Casa Histórica de Alcântara participa da Festa do Divino

MCHA_Festa do Divino 2

O Museu Casa Histórica de Alcântara (MCHA/Ibram) encerrou na manhã da quarta-feira (29), as ações educativas promovidas, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social, com o foco na Festa do Divino.

Na terça-feira (28), foram realizadas duas oficinas de biscuit sobre o Divino Espirito Santo e também a ação educativa “Baú do Conhecimento”, cuja proposta é abordar a simbologia dos elementos e personagens da Festa.

As atividades ocorreram no Museu e foram abertas ao público, contando com a participação de jovens e idosos nas oficinas e estudantes do 8° ano da Escola Municipal Inácio de Viveiros Raposo no “Baú do Conhecimento”, que também recebeu um grupo infantil nesta manhã.

De 29 de maio até o dia 9 de junho, por todo o município, são celebrados os festejos do Divino Espírito Santo para os quais a população que se prepara durante todo o ano, representando dias de festa e de louvor na maior festa religiosa do Maranhão.

---

Museu das Bandeiras oferece diversas atividades gratuitas para o público, em junho

MUBAN

No dia de 5 junho, o Museu das Bandeiras (Muban) promoverá a palestra “Pesquisas sobre o sistema construtivo da casa de câmara e cadeia de Goiás” por Ralf Gesatzky. O arquiteto alemão discorrerá sobre as restaurações que fez ao longo de anos na Alemanha e sobres seu trabalho que escreveu sobre a edificação arquitetônica do Museu das Bandeiras, objeto de sua tese.

Nos dias 8 e 9 de junho, o diretor dos Museus Ibram em Goiás, Tony Boita, realizará o III módulo do Programa de Formação do Museu das Bandeiras. Com o tema, Plano Museológico, a atividade refletirá de forma participativa esta importante ferramenta de gestão de museus, com a comunidade local e a equipe de colaboradores. Trata-se de uma ação que tem como objetivo a revisão do plano museológico do Museu das Bandeiras, Museu de Arte Sacra da Boa Morte e Museu Casa da Princesa.

Já nos dias 15 e 16, Michele Martins ministrará o IV Módulo do Programa de Formação do Museu das Bandeiras. Com o tema Comunicação Museológica, a museóloga falará sobre a concepção, a pré-produção e a montagem de uma exposição visando a comunicação com a sociedade. Para isso, serão utilizados elementos expositivos, tais como: iluminação, ambientação, cenografia, sonorização, design, ou suportes museográficos como vitrines, textos, legendas e etiquetas. A intensão é de estabelecer conexões entre os conteúdos, sejam eles históricos, científicos ou culturais e a sociedade.

Outra importante atividade, será realizada nos dias 28, 29 e 30 de junho, com o V módulo que terá como tema Educação Museal. Nele, será abordado o Programa Educativo Cultural, ferramenta que permite projetar, executar, avaliar e aprimorar as ações educativas e culturais de forma unificada às demandas do público e em consonância com o plano museológico. Será realizada uma palestra aberta ao público apresentando a ferramenta no dia 28. Os demais dias serão voltados para atividades internas colaborativas, momento em que toda a equipe e colaboradores dos demais museus Ibram em Goiás poderão dar suas contribuições para o desenvolvimento do Programa Educativo e Cultural.

O Programa de Formação Muban 70 anos vem promovendo diversos cursos e capacitações para a comunidade e sua equipe de colaboradores. A atividade foi concebida como parte das comemorações das sete décadas de criação do Museu das Bandeiras (Muban) e tem como objetivo, aproximar, capacitar e difundir o trabalho realizado internamente pela equipe dos Museus Ibram em Goiás, além de promover as políticas públicas desenvolvidas pelo Instituto Brasileiro de Museus, voltadas para o crescimento e aperfeiçoamento do campo da Museologia e dos Museus no Brasil.

---

Inscrições para o Prêmio Ibermuseus de Educação estão abertas

Capa Ibermuseus Premio Educacao Lancamento01

Instituições museais ibero-americanas interessadas em participar da 10ª edição do Prêmio Ibermuseus de Educação, já podem fazer suas inscrições desde o último sábado, 18 de maio. Museus e instituições culturais, educacionais e afins dos 22 países da Comunidade Ibero-americana podem se candidatar.

A iniciativa, que reconhece e promove a realização de projetos educacionais em seus espaços e fora de seus muros, é realizada desde 2010, e visa identificar, destacar, apoiar e fortalecer a função educativa dos museus, com ênfase na diversidade e pluralidade das práticas museais ibero-americanas.

Nas nove edições anteriores, 69 projetos de 13 países receberam prêmios, e outros 145 foram reconhecidos com menção honrosa. Este ano, o Programa Ibermuseus distribuirá US$ 75.000 em oito prêmios nas seguintes categorias:

Categoria I: reconhece projetos já concluídos ou em fase de execução.
Categoria II: apoia a realização de novos projetos.

Em ambas as categorias, a pesquisa e a valorização do patrimônio por meio da educação serão valorizadas, especialmente aquelas que contribuem para uma sociedade mais justa, aberta, democrática e inclusiva, com foco na equidade de gênero, diversidade cultural e os direitos humanos.
As inscrições podem ser feitas até dia 18 de junho de 2019 através da plataforma convocatorias.ibermuseus.org. Verifique o regulamento completo e esclareça suas dúvidas acessando o Guia da Convocatória no Portal Ibermuseus ou entrando em contato através do e-mail convocatorias@ibermuseus.org.

Resultado e prêmios

O resultado será divulgado até 31 de dezembro de 2019. O primeiro lugar na Categoria I receberá US$ 15 mil, o segundo, US$ 7 mil e o terceiro, US$ 3 mil. Os cinco vencedores da Categoria II receberão US$ 10 mil cada. Além disso, 17 projetos receberão menção honrosa na Categoria I.

---

Fundação holandesa abre convocatória para iniciativas de proteção ao patrimônio cultural sob ameaça

Prince Claus Fund

A Fundação Prince Claus para a Cultura e Desenvolvimento, juntamente com a Fundação Gerda Henkel, anuncia Chamada Pública para o financiamento de propostas voltadas especificamente para a Preparação para Emergências para o Patrimônio Cultural sob Ameaça.

Interessados podem submeter propostas até às 17h do dia 21 de junho, horário oficial de Amsterdã. Os proponentes receberão um e-mail de confirmação e propostas enviadas após o horário limite não serão consideradas.

Os candidatos mais promissores serão convidados a apresentar detalhes do projeto no início do mês de julho e o resultado final da seleção deve ser divulgado em novembro de 2019. Para mais detalhes sobre os critérios de elegibilidade e mais informações sobre como submeter a proposta, clique aqui (documento PDF em Inglês).

Foto: Realização do inventário da Biblioteca do Mosteiro de San Augustin em Quito, Equador, parceiro da Fundação Prince Claus.

 

Agendas

Mostra M.– Meu Lugar na Sociedade

O quê: O título da exposição é uma referência à mulher e, também, a Maria, nome feminino mais popular na América do Sul. São retratos de 12 mulheres, entre elas Maria da Penha e Luiza Brunet, que se tornaram ícones em diferentes contextos, mas sob a mesma ótica, na luta contra o preconceito, a violência e o machismo. Os retratos são acompanhados de uma videoinstalação artística com 11 telas de tablets.
Quando: de 29 de maio a 21 de julho
Onde: Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC) - Av.  Gov. Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica, Florianópolis.
Informações: http://www.cultura.sc.gov.br/espacos/mis

---

Mostra Cultural: Saberes e Sabores de Irará

O quê: A mostra pretende exaltar o trabalho desenvolvido pelas ceramistas e produtores rurais da região de Irará, que com sua arte e trabalho fortalecem a economia criativa dessa localidade e do estado da Bahia. Serão apresentados trabalhos de cerâmica tradicional, fotografias e telas.
Quando: até 14 de agosto
Onde: Museu Udo Knoff de Azulejaria e Cerâmica - Rua Frei Vicente, 03, Pelourinho, Salvador/BA
Informações: (71) 3117-6389

---

Exposição “Tradições Mineiras”

O quê: A mostra revela um pequeno recorte do imenso acervo do Grupo Aruanda, um dos maiores representantes da cultura parafolclórica do Brasil. Concentra-se nas manifestações do folclore mineiro, mostrando festas, folias e folguedos que traduzem o caráter devocional de seus habitantes.
Quando: Até 9 de junho
Onde: Museu da Moda de Belo Horizonte - Rua da Bahia, 1.149, Centro
Informações: (31) 3277-9248

---

10ª edição do Prêmio Ibermuseus de Educação

O quê: O Prêmio Ibermuseus de Educação consiste em um incentivo econômico que possibilita o fortalecimento de iniciativas voltadas ao direito à memória, à equidade de gênero, aos direitos dos povos indígenas e ao atendimento de pessoas com deficiência.
Quando: As inscrições estarão abertas até 18 de junho de 2019, através da plataforma convocatorias.ibermuseus.org.
Onde: através da plataforma convocatorias.ibermuseus.org
Informações: O regulamento completo pode ser acessado na página web do Programa Ibermuseus: www.ibermuseos.org.

---

40 anos de história em nossas vidas

O quê: A exposição celebra a fundação do Museu Municipal Alferes Belisário e reúne objetos inusitados e históricos, além de fotografias de personagens e fatos que marcam a trajetória e a memória do museu que possui cerca de 1.600 peças em seu acervo, tais como um oratório com a imagem de são José datado do final dos anos 1800.
Quando: até o dia 07 de junho.
Onde: R. da Fábrica, 173 - Paraguaçu, Sul de Minas Gerais
Informações: (35) 3267-3121

 

Cursos e oficinas

Oficinas Regionais Memória do Mundo e Edital MowBrasil

O quê: O Comitê MoWBrasil oferece oficinas regionais para apresentação do Programa e treinamento para redação de propostas. As oficinas regionais têm por objetivo diversificar o perfil das instituições que se candidatam e aperfeiçoar as propostas apresentadas de forma que estados e regiões ainda não representados no Registro Nacional possam apresentar candidaturas qualificadas. A próxima edição (7ª Oficina) será feita na região Sudeste. Inscrições abertas: memoriadomundo@an.gov.br
Quando: 4 de junho
Onde: Museu Histórico Nacional - Praça Marechal Âncora, s/n – Centro. Rio de Janeiro.
Informações: mow.arquivonacional.gov.br

---

Workshop internacional “Espaços de Memória e Cultura: Cidades, Direitos Humanos e Futuros Sustentáveis”

O quê: Como museus, espaços de memória e cultura podem promover diálogos a respeito dos direitos humanos, da cidadania e da diversidade nas cidades? A semana de workshop é uma oportunidade para organizadores, participantes, palestrantes e representantes de organizações culturais participarem coletivamente de um debate transversal sobre o tema. Ao final, serão apresentadas formulações coletivas de recomendações, diretrizes e métodos de campo destinados a promover as melhores práticas eticamente responsáveis dos museus e espaços de cultura e memória.
Quando: 01 a 06 de julho. Inscrições no Processo Seletivo até 10 de junho.
Onde: Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar. Bela Vista - São Paulo.
Informações: https://centrodepesquisaeformacao.sescsp.org.br/atividade/workshop-internacional-espacos-de-memoria-e-cultura-cidades-direitos-humanos-e-futuros-sustentaveis

---

Oficina “Turismo Cultural e Museus”

O quê: A oficina faz parte da programação do 5º Fórum Catarinense de Museus. Durante o encontro, serão abordados a definição e classificação dos tipos de turismo cultural, principais atividades praticadas no setor, o patrimônio cultural material e imaterial como ativos econômicos e o papel dos museus na promoção do desenvolvimento econômico local, a partir das práticas de turismo cultural, estratégias municipais e regionais. As demais oficinas que ocorrerão durante o 5º Fórum Catarinense de Museus já estão com todas as vagas preenchidas.
Quando:  O 5º Fórum Catarinense de Museus ocorrerá de 15 a 17 de julho
Onde: Laguna, Santa Catarina
Informações: www.cultura.sc.gov.br/forum-de-museus