Boletim eletrônico Nº 739 - Ano XVI - 14 a 21 de junho de 2019

---

Museus brasileiros receberam mais de 38 milhões de visitantes em 2018

13217383_485069161690580_8631312310216681722_o

O Instituto Brasileiro de Museus – Ibram constatou, por meio da aplicação do Formulário de Visitação Anual – FVA, que os museus brasileiros receberam um total de 38.463.602 visitantes em 2018. O número corresponde ao total do público contabilizado entre os 1.279 museus que informaram realizar a contagem do público, dentre as 1.405 respostas válidas.

Esse foi o maior número já contabilizado pelo Formulário de Visitação Anual. Em 2017, um público de 32.239.871 visitantes compareceu aos 1.001 museus que informaram realizar a contagem de seu público. Em 2016, o FVA contabilizou um total de 28.594.539 visitas, distribuídas em 919 museus. Já em 2015, foram 25.528.788 visitantes, em 716 museus; e, em 2014, foram 24.638.673 visitantes, em 827 museus.

Em sua quinta aplicação, o Formulário de Visitação Anual é uma ferramenta desenvolvida pelo Ibram para colher, de forma padronizada, informações sobre os dados sobre a visitação aos museus brasileiros. Tais dados são essenciais para o monitoramento de diretrizes, estratégias, ações e metas estabelecidas em políticas públicas, como o Plano Nacional de Cultura e o Plano Nacional Setorial de Museus, e para o desenvolvimento do setor. Confira os resultados do FVA 2018 aqui.

---

Museu de Arte Sacra da Boa Morte recebe certificado de conformidade do corpo de bombeiros

No dia 12 de junho, o Museu de Arte Sacra da Boa Morte/Ibram recebeu o Certificado de Conformidade expedido pelo 12° Batalhão do Corpo de Bombeiros do Estado de Goiás. Como a vistoria apontou, o Museu atende às normas de segurança contra incêndio e pânico, bem como apresenta regularidade  quanto à sinalização dos extintores, às saídas de emergência e às instalações elétricas. O certificado foi emitido na data de 12/06/2019 e a data de validade é de 19/02/2020.

Atendimento à recomendação do Ministério Público de Goiás
Em cumprimento à recomendação n°60, de 10 de Outubro de 2018, do Ministério Público de Goiás  (MPF),  o Museu de Arte Sacra da Boa Morte recebeu orientação do MPF para que tivesse a aprovação do corpo de bombeiros quanto ao Plano de Prevenção e Proteção contra incêndios e pânicos  a fim de que a unidade museológica recebesse o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) . As recomendações destacaram que os acervos do Museu são bens de matriz finita, ou seja, verdadeiros elementos que compõem a memória de nação, sendo certo que há que se utilizar da melhor tecnologia para prevenir danos, em respeito aos princípios da prevenção e precaução.
Diante da recomendação, no dia 12 de junho, o Museu  recebeu o certificado de conformidade expedido pelo 12° Batalhão do Corpo de Bombeiros do Estado de Goiás.

---

MAI realiza evento 'Museus como Núcleos Culturais: o Futuro das Tradições'

mai

Ainda sob o tema da 17ª Semana Nacional de Museus, o Museu de Arqueologia de Itaipu (MAI/Ibram) vai realizar, no dia 15 de junho, o evento “Museus como Núcleos Culturais: O Futuro das Tradições”. Na ocasião, o documentário sobre o Inventário Participativo de Pessoas e Memórias de Itaipu será exibido. O evento terá, também, debates sobre soluções e possibilidades para acervos digitais. Acesse a programação aqui.

Inventário Participativo de Pessoas e Memórias

As primeiras ideias sobre um inventário participativo na região surgiram a partir da necessidade de o Museu discutir com os pescadores e moradores de Itaipu os sentidos atribuídos aos diferentes referenciais culturais do local. Diante disso, desde 2010, o MAI tem procurado incluir em suas atividades educativas informações acerca da importância sociocultural da pesca e dos pescadores da região.  Nesse contexto, a construção consciente de narrativas, a gestão coletiva e a comunicação são conceitos indissociáveis dentro das ações do inventário participativo.

---

Revista eletrônica Ventilando Acervos abre chamada para trabalhos

MVM

Em seu sétimo volume, a revista eletrônica Ventilando Acervos, publicada anualmente pelo Museu Victor Meirelles/Ibram, está com chamada de trabalhos inéditos com prazo de envio até o dia 30 de setembro de 2019. Serão aceitos artigos, resenhas, entrevistas ou relatos de experiência redigidos por pesquisadores e profissionais de museus brasileiros e do exterior sobre a área da gestão de acervos em museus. Os trabalhos devem ser enviados para o e-mail reva@museus.gov.br.

Grupo de Estudos Política de Acervos

A revista, idealizada pelo Grupo de Estudos Política de Acervos, teve início em 2011 pela equipe do MVM. O grupo, além de buscar a realização de publicações e de eventos para aumentar a rede de estudantes e profissionais participantes que atuam nos museus, tem como objetivo trocar conhecimentos e experiências quanto à aquisição, à gestão e ao descarte de acervos.
Informações sobre as normas de publicação e edições anteriores da revista podem ser obtidas aqui.

 

Agendas

Festa de São João

O que: O Museu de Gente Sergipana realiza a festa de São João 2019. Inspirado nos costumes juninos, o museu vai promover uma programação de músicas, teatro, dança, gastronomia e artesanato voltada para crianças, jovens e adultos. Durante o evento, artigos e comidas típicas do período junino serão comercializados. O público poderá assistir à apresentação da quadrilha junina ‘Vida Nordestina’, do município de Gararu e, em seguida,  acontecerá o show da banda Baião de Três e a apresentação teatral “O Barco que Avoa”, produzida pela equipe educativa do museu.
Quando: 19 de junho
Onde: Museu de Gente Sergipana (Av. Ivo do Prado, 398 - Centro | Aracaju - SE)
Informações: (79) 3218-1551

---

Festival Interuniversitário de Cultura - FestFIC

O quê: O Museu da República recebe a terceira edição do Festival Interuniversitário de Cultura (FestFIC). O FestFIC é uma iniciativa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em parceria com as instituições de ensino superior integrantes do Fórum Interuniversitário de Cultura (FIC). Criado há cinco anos, o FIC já promoveu dois festivais, um em 2015 e outro em 2017. A ideia do FestFIC é promover o intercâmbio entre universidades, instituições culturais e municípios do Rio de Janeiro, reunindo não apenas as comunidades universitárias, mas também o público externo.
Quando: 15 e 16 de junho
Onde: Museu da República (Palácio do Catete - Rua do Catete, 153 - Catete | Rio de Janeiro - RJ)
Informações: http://bit.ly/31rHHZr

---

História sem fim: o pensamento revolucionário de Adalice Araújo

O que: O Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR) realiza a exposição “História sem fim: o pensamento revolucionário de Adalice Araújo”. Na mostra, o visitante pode ver a cronologia da vida da crítica de arte Adalice Araújo, considerado o principal nome na análise da arte paranaense. A mostra reúne, também, as obras de arte de mulheres artistas sobre as quais Adalice escreveu. São elas: Eliane Prolik, Guita Soifer, Dulce Osinski, Juliane Fuganti, Leila Pugnaloni, Letícia Marquez e Ida Hannemann de Campos. A entrada é gratuita.
Quando: Até 28 de junho de 2019. De segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 18h. Sábado: das 9h às 13h.
Onde: Hall do prédio da Superintendência de Cultura da Secretaria de Estado da Comunicação e da Cultura - SECC (Rua Ébano Pereira, 240 - Centro | Curitiba - PR)
Informações: www.cultura.pr.gov.br

---

Arte Botânica - Oficina em Lápis de Cor

O que: A Academia Andersen, do Museu Casa Alfredo Andersen, oferece o curso “Arte Botânica – Oficina em Lápis de Cor”. O curso tem o objetivo de ensinar a mistura das cores primárias, secundárias e terciárias, bem como a utilização do círculo cromático. A escolha dos papéis e técnicas de luz e sombra também fazem parte do conteúdo das aulas. A professora Maria Celina Bini, integrante e fundadora do Centro de Ilustração Botânica do Paraná (CIBP), entende que os desenhos têm o intuito de mostrar as espécies nativas do Brasil, como orquídeas, bromélias, manacá da serra, entre outras.
Quando: Às segundas-feiras, das 9h às 11h45.
Onde: Museu Casa Alfredo Andersen (Rua Mateus Leme, 336 - Centro | Curitiba - PR)
Informações: (41) 3222-8262

---

Arte Recicla

O que: O Museu de Arte Moderna (MAM), no Rio de Janeiro, vai realizar a exposição Arte Recicla. As obras referem-se à preservação do meio ambiente e à sustentabilidade. Ao longo do evento, haverá oficinas gratuitas referentes ao reuso de objetos carregados de significados sociais e simbólicos. Os artistas participantes são: Chiquinho da Sucata, Getúlio Damado, Lena Abayomi Martins, Marilda Caiares e Sidiney Rocha. Com a curadoria de Ricardo Gomes Lima e Elaine Ferreira Torres.
Quando: 12 de junho, às 15h.
Onde: Museu de Arte Moderna (Rua Dr. Cunha Ferreira, 104 – Centro | Rio de Janeiro - RJ)
Informações: (24) 3360-6155

 

Cursos e oficinas

Matchfunding BNDES+ Patrimônio Cultural

O quê: O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), a SITAWI e a plataforma Benfeitoria oferecem a oficina, que tem como objetivo divulgar e explicar a nova modalidade de financiamento do BNDES. Voltado para projetos que deixem legados para o patrimônio cultural brasileiro, o Matchfunding BNDES+ Patrimônio Cultural é primeiro edital do setor público a adotar um modelo de financiamento combinado, unindo o aporte direto do BNDES ao financiamento coletivo.
Quando: 18 de junho,  das 9h30 às 17h.
Onde: Instituto Brasileiro de Museus (SBN, quadra 2, lote 8, bloco N, Edifício CNC III - auditório | Brasília – DF).
Informações: http://bit.ly/2MKmEhs

---

Simpósio internacional sobre a gestão do patrimônio cultural

O quê: O Instituto Italiano de Cultura do Rio de Janeiro, em colaboração com o Ministério dos Bens e das Atividades Culturais da Itália, realiza o Simpósio Internacional sobre a gestão do patrimônio cultural material e imaterial e a preservação, valorização e promoção por meio de modelos de management capazes de inovar no uso de avançadas experimentações tecnológicas. O simpósio será articulado em duas sessões. A sessão de manhã será dedicada a explorar o papel do museu e do parque arqueológico como espaço de dialética e a sessão da tarde irá discorrer sobre a inovação científica e tecnológica a serviço de museus e parques tecnológicos. 
Quando
: 19 de junho de 2019, das 10h às 18h30.
Onde: Instituto Italiano de Cultura do Rio de Janeiro - Unidade Centro (Av. Presidente Antônio Carlos, nº 40 - 4º andar | Rio de Janeiro - RJ)
Informações: (21) 3534-4344 ou  3534-4353

---

Seminário Políticas Públicas para a Cultura e os Museus: resistências em diálogo

O quê: O grupo de pesquisa Museologia Experimental e Imagem (MEI) vai organizar o VII seminário “Políticas Públicas para a Cultura e os Museus: resistências em diálogo”. O evento propõe levantar discussões sobre políticas públicas culturais e museais. Na oportunidade, serão realizados debates e visitas mediadas.
Quando: 21 a 23 de agosto
Onde:  Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Av. Pasteur, 296 - Urca | Rio de Janeiro - RJ)
Informações: grupodepesquisamei@gmail.com