Boletim eletrônico Nº 746 - Ano XVI - 2 a 9 de agosto de 2019

---

FDD abre chamada para projetos de instituições estaduais e municipais

Card FDD

Fundo de Defesa de Direitos Difusos (FDD) abriu processo seletivo para a escolha de projetos que visem à reparação de danos ao patrimônio cultural, consumidor, meio ambiente e outros. Publicado nesta segunda-feira (29) no Diário Oficial da União, o processo seletivo destina-se às instituições estaduais e municipais.

Serão aceitos projetos que solicitem apoio financeiro no porte mínimo de R$ 500.000,00. Os interessados deverão apresentar seus Planos de Trabalho através da Plataforma + Brasil (antigo Sistema de Convênios – Siconv), no endereço eletrônico “http://www.plataformamaisbrasil.gov.br”. As propostas devem ser enviadas até o dia 28 de agosto.

Em abril deste ano, o FDD publicou processo seletivo para o repasse de recursos para órgãos federais e em reunião realizada em maio, o Conselho Gestor do FDD aprovou os projetos de cinco museus do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). O Museu Casa Histórica de Alcântara (MA), o Museu da Abolição (PE), o Museu Nacional de Belas Artes, o Museu Histórico Nacional e o Museu Villa-Lobos (estes três no RJ), receberão ainda na execução orçamentária de 2019, cerca de R$ 17 milhões, somando um investimento de R$ 55.525.763,64 até o final de 2021.

Propostas apresentadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Fundação Casa de Rui Barbosa e Fundação Biblioteca Nacional também foram contempladas e receberão recursos a serem investidos em ações de restauração, modernização, conservação, implantação e melhorias de museus, bibliotecas e espaços culturais.

Sobre o FDD

O Fundo de Defesa de Direitos Difusos (FDD) é vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública. Criado em 1988 para gerir os recursos procedentes das multas e condenações judiciais e danos ao consumidor, entre outros, deve ser utilizado para financiar projetos para a reparação dos danos causados ao meio ambiente, ao consumidor, a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico, paisagístico, por infração à ordem econômica e a outros interesses difusos e coletivos.

Este ano, o FDD possui R$ 714 milhões para financiar os projetos em 2019. Mais de 80% desse montante são provenientes de multas aplicadas em ações do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). Confira o edital.

---

Matchfunding BNDES+ Patrimônio Cultural recebe projetos até dia 15

retafinal matchfunding

Última chamada de 2019 para seleção de projetos para o Matchfunding BNDES+ encerra no próximo dia 15 de agosto. As inscrições podem ser feitas no site www.benfeitoria.com/bndesmais.

Podem participar iniciativas de promoção e acesso do patrimônio para novos públicos, tecnologias que melhorem sua experiência, projetos que capacitem profissionais do setor ou projetos de preservação à memória.

Lançado em abril desse ano pelo BNDES, Benfeitoria e SITAWI, o Matchfunding BNDES+ é uma nova modalidade de fomento voltado para projetos de pequeno e médio porte, que deixem legados para o patrimônio cultural brasileiro.

Com R$ 4 milhões de fundo, o Matchfunding BNDES+ é o primeiro edital do setor público a adotar um modelo de financiamento combinado, unindo o aporte direto do BNDES ao financiamento coletivo. O programa prevê o aporte do BNDES em R$ 2, para cada R$ 1 doado pela sociedade, observando o valor máximo de aporte do banco de R$ 200 mil para cada projeto. Saiba mais.

---

Inscrições para 13ª Primavera dos Museus seguem abertas

CardExtra-MUSEU-PorDentroPrimavera_Prancheta 1

Instituições interessadas em participar da 13ª Primavera dos Museus têm até o dia 25 de agosto para fazer sua inscrição por meio do formulário eletrônico disponível em http://eventos.museus.gov.br/.

Com o tema “Museus por dentro, por dentro dos museus”, a temporada de eventos que acontecerá de 23 e 29 de setembro, propõe um fortalecimento da relação com o público a partir da ótica da preservação enquanto ato compartilhado entre o cidadão e o seu bem cultural.

O tema permite explorar os aspectos do cotidiano museológico aplicados aos diversos métodos aos quais as coleções/museus são submetidas no constante processo de formação, organização, conservação e exposição para interação e fruição pelas pessoas ou grupos sociais.

Tire suas dúvidas

A equipe de Instituto Brasileiro de Museus está pronta para cooperar com as instituições interessadas em participar da Primavera dos Museus. Para esclarecer dúvidas relacionadas à Primavera, sobre como aproveitar melhor o tema para atrair o público, dicas de ações a serem desenvolvidas ou sugestões de como realizar parcerias, entre em contato pelos telefones (61) 3521-4135 e 3521-4142 ou mande um e-mail para primavera@museus.gov.br

---

Museu Regional de Caeté promove a exposição ‘Brincos da Rainha’

Imagem brincos da rainha

Em comemoração à padroeira da cidade de Caeté (MG), Nossa Senhora do Bom Sucesso e São Caetano, o Museu Regional de Caeté/Ibram promove, de 06 de agosto a 08 de setembro, a exposição “Brincos da Rainha”.

Na mostra, serão apresentados os brincos doados por famílias e artesãos da cidade de Caeté para a imagem da padroeira. Segundo Sônia Maria Barbosa, diretora do Museu, os adornos podem ser definidos como votos em forma de agradecimento a alguma graça alcançada.

“A doação dos brincos tem várias motivações. Proteção, cura, recuperação da saúde, sofrimento amoroso, dificuldade financeira, familiar ou nenhum pedido específico, mas sim agradecimento pela vida”, destacou a diretora.

A padroeira

A imagem de Nossa Senhora do Bom Sucesso, de origem portuguesa do século XVIII, tem o estilo barroco,  ornamentos em sua policromia e atributos de prata. Os brincos que ornam a padroeira da cidade, considerada Rainha de Caeté, trazem, segundo os fiéis, nobreza e graciosidade para a imagem.

O Museu de Caeté  funciona de terça a domingo, das 12h às 17h.

---

Abertas as inscrições para o 'Concurso de Desenhos' no Museu Regional de São João del-Rei

Concurso-de-desenhos

Estão abertas as inscrições para o “Concurso de Desenhos” do Museu Regional de São João del-Rei/Ibram. A competição faz parte da 5ª Semana do Folclore e é dividida em três categorias: de 6 a 10 anos, de 11 a 14 anos e de 15 a 18 anos. Para participar, é necessário ser morador (a) de São João del-Rei e estar matriculado (a) em alguma das escolas do município. Os interessados devem enviar seus desenhos até o dia 14 de agosto para o e-mail casaraodocomendador@gmail.com

O objetivo do concurso é promover o folclore nacional e a sua importância na formação social e cultural das pessoas. Diante disso, os desenhos enviados devem ter como tema o folclore nacional. As artes devem ser feitas em folha de papel A4 e as técnicas utilizadas são livres (grafite, lápis de cor, aquarela, giz de cera, etc), desde que siga o tema proposto.

Serão escolhidos dois desenhos de cada uma das categorias de idade, totalizando seis desenhos. Cada contemplado receberá o certificado de participação e um livro publicado pelo Museu.

O Museu São João del-Rei funciona de terça-feira a sexta-feira, das 9h30 às 17h30. Sábados e domingos das 9h às 13h. Feriados das 9h às 16h.

---

Museu Imperial celebra aniversário da princesa Isabel com apresentação de novas peças

Princesa isabel

Na segunda-feira (29), o Museu Imperial/Ibram recebeu autoridades e convidados para celebração do 173º aniversário da pincesa Isabel. Na ocasião, foram apresentadas ao público as novas peças doadas para o acervo histórico e artístico da instituição, que vão ficar expostas no saguão do Museu.

A diretoria do Patrimônio Histórico e Documentação da Marinha, representada pelo seu diretor, o vice-almirante (RM1) José Carlos Mathias, doou uma aquarela sobre cartão, intitulada “Ramo de Flores” de autoria de D. Isabel, datada de c. 1880.

Um retrato da princesa D. Isabel, guache sobre marfim (miniatura), sem data, foi doado pelos Srs. Adilson Ezequiel Blanc e Andre Ezequiel Blanc. Estiveram presentes na celebração o príncipe Dom Francisco de Orleans e Bragança e membros da Sociedade de Amigos do Museu Imperial e de outras instituições da cidade de Petrópolis, município do Rio de Janeiro (RJ).

Princesa Isabel

D. Isabel nasceu no Paço de São Cristóvão (RJ) em 29 de julho de 1846. Como primeira filha do imperador D. Pedro II e de Teresa Cristina, recebeu o título de princesa Imperial e, portanto, herdeira presuntiva à coroa imperial brasileira. Educada para essa função, recebeu rigorosa formação de vários mestres liderados pelo próprio imperador. Notabilizou-se como mãe e filha fervorosa e entrou para a história como “A redentora”, em função da assinatura da lei que aboliu a escravidão no Brasil durante a terceira Regência do Império, em 13 de maio de 1888.

Museu Imperial  funciona de terça-feira a domingo, das 10h30 às 18h.

 

Agenda

Folclore Brasileiro

O quê: Em comemoração ao Dia Folclore Nacional, 22 de agosto, o Museu Felícia Leirner preparou uma programação especial sobre o folclore brasileiro. O público conhecerá ou relembrará lendas típicas do Brasil,  sobre a origem da Parlenda, e terão a oportunidade de reviver as brincadeiras folclóricas que resgatam tradições populares.
Onde: Museu Felícia Leirner - Auditório Claudio Santoro (Av. Dr. Luis Arrobas Martins, 1.880 – Alto da Boa Vista – Campos do Jordão/SP)
Quando: Dias 03, 17, 18, 24, 25 e 31/08/2019, às 10h30 e às 15h; 04, 10 e 11/08/2019, às 15h
Informações: (12) 3662-6000 | www.museufelicialeirner.org.br

---

Documentário Hiper mulheres

O quê: O Palácio Rio Negro vai exibir o documentário “Hiper mulheres” referente ao Dia Internacional dos Povos Indígenas. O objetivo do documentário é apoiar as lutas dos povos indígenas para fortalecer suas identidades e seus patrimônios territoriais e culturais por meio de recursos audiovisuais. A exibição mostra a comunidade indígena Kuikuro, no Alto Xingu, no Mato Grosso. O evento será gratuito e com entrega de certificados.
Quando: 9 de agosto, às 16h
Onde: Palácio Rio Negro (Avenida Koeler, 255 – Centro Histórico de Petrópolis |RJ)
Informações: http://bit.ly/30WkEoy

 

Cursos e Oficinas

Iniciação à gravura em metal

O quê: O Museu Lasar Segall promove o curso “Iniciação à gravura em metal” com o propósito de introduzir princípios construtivos dos processos de gravação e impressão em escavo (gravura em metal) e proporcionar aos participantes a possibilidade de desenvolver projetos pessoais. O curso propõe o estudo da técnica por meio da demonstração e experimentação dos procedimentos. A atividade tem a coordenação de Paulo Camillo Penna, responsável pelo ateliê de gravura do Museu Lasar Segall desde 2006.
Quando: 5 de agosto a 25 de novembro. Segundas-feiras das 9h às 12h30 
Onde: Museu Lasar Segall (Rua Berta, 111 - Vila Mariana, São Paulo|SP)
Informações: http://bit.ly/2ZhkVSA