Boletim eletrônico Nº 757 - Ano XVI - 08 a 15 de novembro de 2019

---

Ibram promove a oficina ‘Gestão de Riscos ao Patrimônio Museológico

Foto-da-oficina-gestao-de-riscos

Nos dias 30 (quarta-feira) e 31 (quinta-feira), os servidores da Coordenação de Preservação e Segurança (Copres/DPMUS/Ibram), Taís Valente e Leonardo Neves, mediaram a oficina “Gestão de Riscos ao Patrimônio Museológico” na sede do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), em Brasília. O minicurso presencial é parte do programa de capacitação técnica do Ibram.

No evento, os mediadores abordaram os pontos fundamentais para a elaboração de um plano de gestão de riscos, tais como: o plano museológico, que identifica a missão da instituição, tanto para o público interno quanto para o externo, e a identificação dos agentes de risco e das formas de controle e tratamento.

Segundo Taís, reconhecer todos os funcionários do museu como envolvidos nas ações voltadas à gestão de riscos e definir o papel de cada um para o caso de atuação em situação de emergência são requisitos para a criação e implementação de um plano de gestão de riscos.

“Todas as áreas do museu devem estar envolvidas na preservação e segurança do acervo. Os setores técnicos, como a área de museologia, por exemplo, desempenham o papel imprescindível nas orientações relativas ao acervo”, destacou Leonardo.

Na ocasião, os mediadores da oficina mostraram os tipos de degradação que a edificação e o acervo podem sofrer, bem como sintetizaram os agentes de risco no âmbito dos museus: água, fogo, pragas, poluentes, luz e radiação, furto/roubo, forças físicas, temperatura incorreta, umidade incorreta e dissociação.

Ao longo da oficina, os participantes fizeram exercícios de ferramentas que compõem o plano de gestão de riscos. Na oportunidade, Taís, também, falou acerca do sistema de cadastramento online de voluntários para atuarem no salvamento de bens culturais musealizados, em todo o território nacional, de forma a colaborar no enfrentamento dos problemas que exijam resposta imediata.

O Programa de Voluntários servirá, fundamentalmente, para a mobilização de profissionais, estudantes e interessados no que se refere aos riscos ligados à preservação do patrimônio museológico.

Para inscrição, os candidatos ao posto de voluntário deverão preencher aqui uma ficha em meio eletrônico. Ao se inscrever, o (a) candidato (a) terá uma relação previamente estabelecida de áreas de atuação, tais como: salvamento de coleções, serviços de proteção e segurança e executivo-logística.

Veja o passo a passo da campanha dos voluntários.oficina de gestão de risco - Ibram sede

---

Ibram e Unesco promovem encontro para discutir prevenção de riscos em museus

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) promoveu, em parceria com o Ministério da Cidadania e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) no Brasil, um encontro técnico para discutir para discutir iniciativas voltadas para a preservação e o gerenciamento de emergências em museus e coleções.

O evento aconteceu na quarta-feira (6), no Centro Cultural Paço Imperial, no Rio de Janeiro, e contou com a participação de representantes em âmbito latino-americano de instituições especializadas em políticas patrimoniais e de preservação; gestores públicos; e sociedade civil. O Presidente do Ibram, Paulo Amaral e o Diretor-geral adjunto de Cultura da UNESCO, Ernesto Ottone, também participaram do encontro.

Proteção e Promoção dos Museus e Coleções

Um dos principais objetivos da reunião é construir uma agenda estratégica para o período 2020-2021, quando acontecem o 8º Fórum Nacional de Museus, em Brasília, e o 27º Congresso Mundial de Arquitetos, no Rio de Janeiro.

Segundo a coordenadora de Cultura da UNESCO no Brasil, Isabel de Paula, este é um momento importante para todos os que atuam no setor.

“Os constantes desastres, naturais ou não, que afetam o patrimônio cultural no mundo geram enorme preocupação e evidenciam a necessidade de termos um encontro como esse, que possa articular instâncias governamentais e da sociedade em prol do objetivo comum de proteger e preservar”, destacou a coordenadora.

Na reunião, os participantes foram convidados a trocar experiências sobre planos de emergência e compartilhar propostas para preservação e manutenção de edifícios e acervos, a partir de esforços que estão sendo desenvolvidos em âmbito nacional, regional e internacional.

Texto: Ascom Unesco Brasil /  Edição: Ascom Ibram

 

---

Museólogos promovem encontro no MHN a fim de discutir os 35 anos da lei que regulamenta a profissão

CONVITE-35 anos museologo

Na última terça-feira (5), das 9h às 17h30, o Museu Histórico Nacional (MHN/Ibram) foi  palco do encontro promovido pelo Conselho Federal de Museologia (Cofem) sobre os 35 anos de publicação da Lei 7.287, de 18 de dezembro de 1984, que regulamentou a profissão de museólogo.

A realização do encontro teve como objetivo discutir a maneira como a sociedade enxerga o trabalho do museólogo; analisar a sua importância estratégica na área do patrimônio, sua responsabilidade diante dos desafios profissionais, da defesa do exercício da profissão e do seu campo de conhecimento. Na área da formação, ocorreu um debate acerca do equilíbrio entre os conteúdos consolidados característicos da atuação de museólogo frente às novas tecnologias, além das transformações nas relações de trabalho neste século, que impactaram diretamente no mercado de trabalho.

O evento contou com a participação do deputado federal e ex ministro da Cultura, Marcelo Calero, do diretor do MHN, Paulo Knauss, e dos museólogos Rita Maia, Celia Corsino, Márcio Rangel, Telma Lasmar, Heloísa Queiroz, Rita de Cássia de Mattos e Felipe Farias.

---

Museu da República e Museu Casa de Benjamin Constant promovem seminário de 130 anos da Proclamação da República

130 anos de programacao da republica

Na próxima segunda (11) até quinta-feira (14), em comemoração ao 59º aniversário do Museu da República/Ibram, este em parceria com o Museu Casa de Benjamin Constant/Ibram oferecem  programação diversificada composta por inaugurações de exposições, saraus musicais, espetáculos teatrais e circenses, apresentação do coral do Museu da República, lançamentos de livros, a cerimônia de formatura da Rede Nami e, de modo especial, a realização do seminário "130 Anos da Proclamação da República: desafios e perspectivas”.

O seminário dos "130 Anos da Proclamação da República" é resultado de um trabalho colaborativo e interinstitucional. Dessa atividade, participaram a Casa Histórica de Deodoro, a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e o Clube Militar, com o impulso inicial, mobilizador e curatorial da Igreja Positivista do Brasil e do Museu Casa de Benjamin Constant.

Compõem o seminário temas como "A República e seus símbolos", "Circuitos Históricos da República", "130 Anos: Encontros e desencontros com a democracia", "Seresta do museu, patrimônio da República", "Panorama da Educação na República", "O Império visto da República", "Zombando do Império: republicanismo, abolicionismo e humor político nas páginas da Revista Illustrada (década de 1880)" e "130 Anos da criação da República e dos símbolos nacionais", apresentados por pesquisadores e professores de museus e universidades.

O Museu da República está aberto de terça a sexta-feira, das 10h às 17h; sábados, domingos e feriados, das 11h às 18h.

 

---

Projeto 'Caminhos do Brasil Memória' oferece gratuidade a museus e centros culturais do Rio de Janeiro

Caminhos do brasil memoria

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) lançou, no dia 19 de outubro, o projeto Caminhos do Brasil Memória. Na oportunidade, foi apresentado, também, o Passaporte do projeto que oferece gratuidade aos museus e centros culturais: Palácio Tiradentes, Paço imperial, Museu Naval, Museu da Justiça – Centro Cultural do Poder Judiciário (CCMJ), Casa França-Brasil, Museu da Imagem e do Som (MIS), Museu Histórico Nacional (MHN), Igreja da Santa Cruz dos Militares, Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), Instituto Histórico Cultural da Aeronáutica (Incaer) e Centro Cultural Correios (CCC).

Com o passaporte, os visitantes têm desconto de 45% no Edifício Garagem Menezes Cortes aos fins de semana. Após cada visita, devem requisitar o carimbo em todas as instituições culturais. Quando todos os espaços forem visitados, o portador terá o direito de vivenciar uma experiência marinheira no Navio Museu Bauru; no submarino Museu Riachuelo; na Nau dos Descobrimentos; no helicóptero Rei dos Mares e no carro de combate cascavel, atrações no Espaço Cultural da Marinha.

O presidente da Alerj, André Ceciliano, destaca a riqueza dos museus e centros culturais da região. “O Palácio Tiradentes está no centro de um importante circuito histórico e agora vai funcionar como um articulador de toda essa diversidade cultural, o que é uma vocação desse local, berço da democracia brasileira”, destacou.

Para o subdiretor geral de Cultura da Alerj, Nelson Freitas, o projeto amplia o acesso do público a todos os museus envolvidos. Segundo Freitas, a ação contribui diretamente para fortalecer a formação humana e o sentimento de pertencimento da população, além de influenciar na geração de renda e postos de trabalho, gerando desenvolvimento econômico para a cidade e para o Estado do Rio de Janeiro.

O projeto recebeu apoio do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) e da polícia militar do estado do Rio de Janeiro.

Mais informações sobre o projeto aqui.

---

Museu Victor Meirelles abre vagas para servidores e empregados públicos federais

fachada Museu Victor Meirelles_foto Cláudia Klock

O Museu Victor Meirelles/Ibram está com 10 vagas abertas de nível médio e superior, para as áreas administrativa e técnica, todas destinadas exclusivamente a servidores e empregados públicos de empresas que recebam recursos do Tesouro Nacional e que residam ou aceitem residir em Florianópolis, SC. As inscrições ocorrem até o dia 30 de novembro de 2019.

Interessados devem enviar currículo para o e-mail mvm@museus.gov.br. Os selecionados serão convocados para entrevista, com resultado final divulgado no dia 30 de janeiro de 2020. O edital, os cargos, suas especificações, pré-requisitos e atividades que serão desempenhadas estão detalhados no Portal do Servidor.

Mais informações, no site do Museu Victor Meirelles, ou por e-mail: mvm@museus.gov.br

Foto: Cláudia Klock

 

Agendas

Luiz Aquila III Milênio – criação em aberto

O quê: A mostra reúne 30 pinturas, que contam com a liberdade criativa do artista para articular cores e contrastes, através de planos e pinceladas presentes e expressivas com dimensões que vão de 70×90 cm até 210×140 cm.
Quando: Até 1º de dezembro de 2019, de terça a sexta, das 10h às 18h, sábados, domingos e feriados, das 13h às 18h.
Onde: Museu Nacional de Belas Artes (Avenida Rio Branco, 199 – Cinelândia | Rio de Janeiro – RJ)
Informações: (21) 3299-0600

---

Do líquido ao concreto

O quê: A exposição apresenta diálogo entre a arte e a arquitetura e reúne peças produzidas a partir de técnica de afresco desenvolvida pelo arquiteto Carlos Borsa e que trazem referências às artes asiáticas. Entrada gratuita.
Quando: até abril de 2020. De terça a domingo, das 9h às 18h.
Onde: Casa do Baile - Centro de Referência de Arquitetura, Urbanismo e Design (Av. Otacílio Negrão de Lima, 751, Pampulha | Belo Horizonte – MG)
Informações: (31) 3277-7443 | http://carlosborsa.com/do-liquido-ao-concreto/

 

Cursos e Oficinas

Preservação do patrimônio arqueológico

O quê: O Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast), por intermédio do Programa de Pós Graduação em Preservação de Acervos de Ciência e Tecnologia, organiza um seminário para discutir aspectos relacionados à preservação do patrimônio arqueológico. O evento contará com especialistas que irão se manifestar sobre temas específicos, por meio de conferências, constituindo-se, também, em um espaço para apresentação de trabalhos a serem avaliados e selecionados pelo comitê científico do evento.
Quando:
25 a 29 de novembro
Onde:
Mast (Rua General Bruce, 586São CristóvãoRio de Janeiro, RJ)
Informações:
http://www.mast.br/sppa/inscricao.html

---

Seleção de mestrado em museologia

O quê: Edital para seleção de mestrado do programa de pós-graduação em Museologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA 2020.1).
Quando:
de 04 de outubro a 22 de novembro de 2019
Onde:
Universidade Federal da Bahia ( Av. Adhemar de Barros, s/nº | Ondina, Salvador – BA)
Informações: http://bit.ly/2NcE4Sb