Boletim eletrônico Nº 768 - Ano XVII - 02 a 13 de março de 2020

---

Nomeado o novo presidente do Instituto Brasileiro de Museus

Pedro Machado - presidente do Ibram

O novo presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) foi nomeado na última sexta-feira, 6 de março. A portaria de nomeação está disponível aqui.

Pedro Machado Mastrobuono é advogado especializado em direitos autorais, graduou-se nos cursos de Storiadell’Arte Italiana e de Letteratura Italiana pelo Instituto Italiano di Cultura, órgão ligado ao governo da Itália. É vencedor do prêmio Arruda Alvim de Direito Processual Civil.

Mastrobuono é membro fundador do Instituto Alfredo Volpi de Arte Moderna, que cuida do acervo e da divulgação das obras do pintor modernista ítalo-brasileiro. Foi vice-presidente da Comissão Especial de Direito às Artes da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/SP, bem como membro efetivo da Comissão de Infraestrutura, Logística e Sustentabilidade da OAB.

É autor e coautor de várias publicações sobre Artes e afetividade da proteção do patrimônio cultural. Na relação de obras, estão a coautoria do livro Alfredo Volpi e Bruno Giorgi – A estética de uma amizade, em curadoria compartilhada com Max Perlingeiro, Editora Pinakotheke, 2019, e Projeto Felicidade – Grandes Coleções, Editora: IPSIS gráfica e editora, 2019.

Como gestor cultural, é responsável pela repercussão internacional da obra artística de Volpi, na Europa e USA. Foi um dos responsáveis pela revogação da MP 841, que retirava recursos da Cultura; co-autor do Manifesto em Defesa da Cultura, além da participação da ação judicial oferecida pela OAB Federal para dar efetividade ao repasse dos recursos da loteria esportiva para o Fundo Nacional de Cultura.

Dentre as atividades sociais, é patrono do Projeto Felicidade, que leva crianças carentes acometidas de câncer a museus. Foi indicado, em 2018, pela Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) para o prêmio Ciccillo Matarazzo – de personalidade atuante no meio artístico cultural.

Exerceu a Presidência da Associação dos Amigos do Museu de Arte Contemporânea (AAMAC), da Universidade de São Paulo (USP). Foi, também, presidente do Instituto de Arte Contemporânea (IAC), em São Paulo.

---

Inscrições para a 18ª Semana de Museus são prorrogadas

18 snm prorrogacao menor

Museus brasileiros e outras instituições culturais interessados em participar da 18ª Semana Nacional de Museus podem fazer suas inscrições até o dia 23 de março. Faça a sua inscrição!

Com o tema Museus para a Igualdade: Diversidade e Inclusão, a temporada de eventos que acontecerá de 18 a 24 de maio, visa  aumentar o potencial de visitação das instituições museológicas e culturais de todo país, difundindo as diversas manifestações e referências culturais, promovendo o acesso à produção simbólica e à diversidade cultural dos municípios, além de impulsionar experiências significativas aos visitantes. Acesse aqui o texto referência sobre o tema.

Coordenada pelo Instituto Brasileiro de Museus, a Semana Nacional de Museus é realizada em comemoração ao Dia Internacional dos Museus (18 de maio), data em que museus de todo o mundo organizam eventos e atividades a partir do tema proposto pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM). Saiba mais sobre a Semana Nacional de Museus.

---

Museu Histórico Nacional promove cursos de educação museal

Educacao-museal-mhn-2019-1024x768

O Museu Histórico Nacional (MHN/Ibram) vai promover, entre os dias 24 e 26 de março, o 'Curso básico de educação museal - edição 2020'.

Durante todo o mês de abril, acontecerá, também, o curso 'Educação museal online', que terá dois encontros presenciais nos dias 2 e 30 de abril. As inscrições já estão encerradas.

As reuniões mensais, quando são tratados diversos temas relacionados à educação museal, acontecerão nos dias 19 de março, 16 de abril, 21 de maio e 18 de junho – sempre das 10h às 13h.

Para mais informações sobre o Grupo de pesquisa 'Educação museal: conceitos, história e políticas' faça contato com o Núcleo de Educação do MHN pelo endereço eletrônico mhn.educacao@museus.gov.br.

---

Museu Regional de São João del Rei promove a Semana do Patrimônio

MRSJDR Semana do Patrimonio

A primeira Semana do Patrimônio Cultural São-joanense, promovida pelo Museu Regional de São João del Rei (MRSJR/Ibram), contou com palestra, recital de órgão e publicação de informativos especiais. O evento ocorreu entre os dias 02 e 06 de março e atraiu um número expressivo de participantes.

Mais de 140 pessoas estiveram presentes na instituição, na quarta-feira (4). O público – formado por estudantes universitários, moradores da cidade, membros da Associação de Amigos do Museu Regional (Amarei) e turistas – pôde acompanhar um recital da organista Elisa Freixo e uma apresentação sobre patrimônio feita pela servidora Maria de Fátima Loureiro.

O recital contou com oito músicas, dentre elas Beata Viscera Mariae Virginis, do compositor espanhol Antonio de Cabezón. Além de rápida explanação sobre a história do instrumento, com espaço para perguntas do público.

Logo após, Maria de Fátima, responsável pelo Setor de Pesquisa, pela Biblioteca e pelo Acervo Arquivístico do Museu, trouxe uma reflexão a respeito da preservação do Casarão do Comendador e o processo de restauro do Órgão de Tubos – que em 2020 comemora dez anos.

Ao longo da semana, cinco informativos digitais foram publicados no site oficial do Museu. A cada dia um tema foi retratado e os textos alcançaram cerca de 500 visualizações. Os visitantes puderam conhecer um pouco mais sobre a história de São João del-Rei, do Casarão do Comendador e também do Órgão de Tubos.

As fotos do evento foram publicadas no perfil do Flickr do Museu. Elas podem ser acessadas clicando aqui.

O download do informativo completo, com fotografias e informações extras, pode ser feito clicando aqui.

---

Oficina no Museu do Diamante inspira artesãos a desenvolverem produtos a partir do seu acervo

Oficina-Diamantina

O Museu do Diamante/Ibram promoveu, em parceria com o Departamento de Difusão, Fomento e Economia dos Museus (DDFEM/Ibram) e o Sebrae Diamantina, a Oficina de Produtos Artesanais inspirados em Acervo Museal.

A oficina reuniu, nos dias 12 e 13 de fevereiro, cerca de 20 artesãos e artistas da região de Diamantina (MG) que, após participarem de uma visita guiada pelo Museu, assistiram a apresentações sobre a criação de produtos inspirados em obras de arte e acervos de museus pelo mundo, sobre a relação dos produtos de souvenir de museus com o turismo e perspectivas de comercialização desses produtos, além de orientações sobre a precificação dos mesmos.

O assistente de acervo, Gabriel Eugênio – que juntamente com a monitora de público, Jaqueline Ribeiro, conduziu os artesãos pela exposição permanente do Museu do Diamante –, explica que o museu foi apresentado aos participantes da oficina, como um espaço de representação da cultura e da arte diamantinense.

Na visita guiada, foi dada ênfase aos elementos genuínos da sociedade que surgem a partir da extração do diamante. Itens que representam as figuras dos garimpeiros faiscadores e tropeiros (característicos da região) ganharam destaque na apresentação do acervo, bem como os oratórios de lapinha e técnicas como rosinhas de malabar, característicos de Minas Gerais.

“Nós ressaltamos as tradições, festas e a musicalidade de Diamantina, convidando o artista a relacionar os objetos do museu com a paisagem da cidade e de suas tradições. Nosso objetivo foi motivar a originalidade do artesão para representar a história de seu povo, trabalhando os conceitos de identidade e motivando o senso de pertencimento com o território”, ressalta Gabriel.

Uma segunda etapa da Oficina está programada para o mês de abril, quando os participantes apresentarão os trabalhos produzidos a partir dos elementos do acervo do museu. Na ocasião, os artesãos também irão receber pelo Sebrae uma capacitação sobre Técnicas de Comercialização. Além do Museu do Diamante, a Coordenação de Comercialização de Produtos (CCP/DDFEM/Ibram) promoveu essa oficina no Museu Regional de Caeté. A intenção é propor essa iniciativa para outros museus Ibram e disseminar a ideia para toda a comunidade museal. Saiba mais.

 

Agendas

60 anos da justiça do DF

O quê:  O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) apresenta, pela primeira vez, 24 das principais obras de arte que deram origem ao seu patrimônio cultural. A mostra abre as comemorações dos 60 anos da Justiça do DF. Entre as obras que fazem parte da exposição, está o Retrato de JK, realizado por Di Cavalcanti. Considerado um dos expoentes do modernismo no Brasil, o artista plástico fez o retrato a óleo de Juscelino Kubitschek, a pedido do então presidente, em 1961.
Quando: 9 de março a 13 de março, às 16h
Onde: Hall principal do Palácio Ruy Barbosa (Praça Municipal, Lote 1 | Brasília - DF)
Informações:  (61) 2025-3000

---

Patrimônio Natural Urbano

O quê: A Casa das Rosas, integrante da Rede de Museus da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis, sediará a palestra Patrimônio Natural Urbano, atividade voltada para professores e educadores. O espaço realiza intensa programação de atividades gratuitas, como oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, exposições, apresentações literárias e musicais, saraus, lançamentos de livros, performances e apresentações teatrais.
Quando: 12 de março, das 19h20 às 21h.
Onde: Casa das Rosas (Av. Paulista, 37 – Bela Vista | São Paulo - SP)
Informações: (11) 3285-6986 | 3288-9447

 

Cursos e Oficinas

Oficina do Dia das Mulheres

O quê:  O Museu do Diamante promove oficina sobre o significado do Dia da Mulher. O evento tem como público crianças entre 7 e 8 anos e será ministrado por Marcela Mazzilli Fassy, Técnica em Assuntos Educacionais do Museu do Diamante. As crianças serão instigadas a refletir de forma crítica sobre questões relativas aos direitos e conquistas das mulheres na atualidade a partir das próprias vivencias (distribuição das tarefas domésticas, brincadeiras e códigos de comportamento associados a meninas e meninos).
Quando:
17 a 19 de março, das 9h30 às 11h
Onde:
Museu do Diamante (R. Direita, 14 – Centro | Diamantina - MG)
Informações:
(38) 3531-1382

---

História da Arte

O quê: O atelier São Lucas promove curso História da Arte – composição, cor e representação. A proposta do curso, com carga horária de 20 horas divididas em 8 encontros, é trabalhar a composição, cor e representação como linha condutora central, principalmente na pintura Ocidental. A abrangência do curso se inicia no Renascentismo, contextualizando os principais pintores da pré-renascença e início desta, seu modo de pensar e o contexto histórico entre os avanços na área da ciência, matemática e na representação da perspectiva da pintura.
Quando:
9 de maio a 27 de junho, sábado, das 9h30 às 12h
Onde:
Atelier São Lucas (Rua General Mallet, 33A, B. Rio Branco | Caxias do Sul – RS)
Informações:
(54) 3220-9565 – biblioteca@muscap.org.br

---

80 anos de criação do Museu Imperial: contextos

O quê: O Museu Imperial promove, como parte das comemorações dos 80 anos, o seminário '80 anos de criação do Museu Imperial: contextos'. O evento é gratuito e tem como público-alvo museólogos, historiadores, cientistas sociais, turismólogos, educadores, graduandos e pós-graduandos nas áreas de interesse, profissionais ligados a atividades museológicas e guias de turismo. O evento é gratuito. As inscrições serão realizadas de 2 a 20 de março de 2020. Serão disponibilizadas 130 vagas.
Quando: 30 e 31 de março, das 19h às 21h
Onde: Museu Imperial (Rua da Imperatriz, 220 – Centro | Petrópolis - RJ)
Informações:  (24) 2233-0300/ mimp.faleconosco@museus.gov.br